Artigos

5 Passos para Vencer a Crise

5 Passos para Vencer a Crise

Como já foi dito muitas vezes, toda a crise traz em si uma oportunidade.

O problema é que quando estamos imersos na situação o comportamento mais comum é buscarmos soluções dentro de paradigmas antigos, ou de hábitos que podem se tornar obsoletos ou perniciosos na nova situação.

As 5 dicas abaixo indicam os pontos mais frequentemente esquecidos e que fazem a diferença na hora de aproveitar a crise como uma oportunidade:

1-Foco no cliente e desapega do produto

No momento de dificuldade a prioridade é sempre vender mais mas nem sempre o produto (ou serviço) que você entrega hoje é o que interessa ao cliente neste momento. A crise existe para todos e para o seu cliente também. Produtos podem ser reinventados, modificados, criados ou descontinuados. Mas o seu cliente não. O seu cliente é o seu maior ativo. Qual é a necessidade dele agora? E de que forma você pode atendê-la? Pode ser uma nova apresentação de um produto existente, ou uma nova funcionalidade, ou uma combinação de diferentes produtos, ou mesmo uma modificação na forma de pagamento, entrega ou assistência técnica. Faça o exercício de se colocar na posição do cliente e pensar com a cabeça dele e desapegue-se do seu produto e da forma como vem trabalhando há tanto tempo.

2-Meta, plano, AÇÃO!

Momentos difíceis exigem dedicação e comprometimento de toda a equipe e os custos pessoais e emocionais costumam ser elevados. Para manter a equipe unida e motivada é fundamental definir uma meta simples e clara do que deve ser atingido para superar a crise. Comunique essa meta o mais amplamente possível à toda a equipe no nível em que cada um pode contribuir para alcançá-la. Envolva a equipe para traçar um plano de ação, mas concentre-se mais na AÇÃO do que no plano. Planos sempre podem ser melhorados e modificados, mas o momento perdido dificilmente será recuperado.  Por mais que se planeje sempre haverá melhorias a serem feitas e sempre surgirão dificuldades que não foram previstas com antecedência. Então faça o melhor plano possível naquele momento e motive as pessoas para a AÇÃO.

3-Senta no Caixa

O fluxo de caixa é vital para o funcionamento da empresa. Do lado da entrada, controle os recebíveis, corra atrás dos recebimentos atrasados, negocie, parcele ou dê desconto para o cliente se necessário mas ponha o máximo de dinheiro em caixa o mais rápido possível.  Do lado da saída reduza os custos de forma racional, reveja processos e contratos com fornecedores, sem perder de vista o valor do que se está comprando e o seu impacto no conjunto ao invés de olhar simplesmente o preço. Evite o desperdício mas não seja mesquinho.

4-Não mate o Futuro

Para atravessar a crise é foco deve ser no curto prazo, mas isso não pode matar o futuro. Agir de má-fé ou com pouca transparência com clientes, fornecedores e colaboradores trará um custo alto no futuro com perda de confiança e credibilidade que pode ser fatal para a empresa no longo prazo. O mesmo vale para  e sonegação de impostos e práticas heterodoxas junto a fiscais. Tudo tem seu preço e você vai pagá-lo mais a frente.

5-Cuidar de si próprio

Para nos manter com energia e pensar com clareza principalmente nos momentos mais desafiadores temos estar bem física, mental e emocionalmente. Sono adequado, alimentação equilibrada e atividade física são fundamentais. Lazer e contato com família e amigos com criatividade e simplicidade podem ser muito mais eficazes em nos dar alegria e tranquilidade  do que diversões tradicionais e caras. Existem vários tipos de meditação e exercícios voltados a melhorar nosso foco e atenção, escolha o mais adequado para o seu estilo.

Se a sua primeira reação é de que não dá pra se sentir bem no meio da crise, provavelmente  você se beneficiará bastante se desenvolver o ingrediente mais importante de todos. Na verdade o único necessário para realizar todos os 5 passos acima e o único item que está realmente sob o seu controle: desenvolver e manter uma atitude metal positiva. Não estamos falando de “pensamento positivo” nem de “autoajuda”. Simplesmente sem uma atitude mental positiva não há energia nem motivação para agir e fazer o que é necessário.  E sem ação não há resultado.

Pense em quantas dificuldades você já venceu e quantas conquistas já realizou, que lhe pareceram inatingíveis num primeiro momento. Provavelmente você enfrentou todos os obstáculos com perseverança porque sabia que era possível e assim foi.

Já tivemos vários momentos difíceis e certamente teremos outros no futuro. Este é apenas mais um.

Ver as dificuldades como possíveis de serem superadas e a si mesmo como um aprendiz pode ser a chave que está faltando para o seu sucesso. Repito: de todas as ações possíveis esta é a única que está 100% sob o seu controle.

Pense nisso !

Texto: Claudia Lemme
contato@sustentahabilidade.com

Imagem : Alumipac

Outros artigos da Autora

http://sustentahabilidade.com/how-to-tap-brazils-huge-potential-for-business-development/

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Engenheira Química com MBA Universidade de Michigan-USA, Consultora com 30 anos de experiência em processos industriais, desenvolvedora da área de meio ambiente e sustentabilidade da Promon Engenharia.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »