Artigos

Água é Vida

Água é Vida

Definir o que é “vida” ainda é uma tarefa árdua para biólogos e estudiosos da área, mas sabemos que todos os seres vivos possuem características em comum, como: metabolismo, crescimento, reação e hereditariedade, mas principalmente possuem a água presente em sua composição!

Os primeiros seres vivos no nosso planeta surgiram a cerca de 3,5 bilhões de anos nos chamados oceanos primitivos. E nestes oceanos, formados a partir das primeiras chuvas de vapor de água da atmosfera primitiva, os primeiros seres formados por apenas uma célula deram origem a todos os outros seres vivos que habitam a Terra.

Todo este processo de surgimento e evolução da vida terrestre só foi e é possível graças à água.

A água é uma substância química abundante dentro e fora do corpo dos seres vivos. Atualmente a água está presente em mais de 70% da superfície do planeta Terra, formando ecossistemas aquáticos, infiltrada nos solos e na vegetação de ecossistemas terrestres, formando as nuvens de nossa atmosfera e formando o corpo de microrganismos, vegetais e animais.

Todas as reações químicas do metabolismo, ou seja, todas as funções básicas que mantém um organismo em funcionamento ocorrem em ambiente líquido. Por isso, os seres vivos precisam ser constituídos de água. As águas-vivas são formadas por 98% de água, já os seres humanos possuem em média 70% de seu corpo formado por água.

Agua_Reacoes_Quimicas

Fonte: Renato Andrada http://slideplayer.com.br/slide/4200562/

E, além disso, muitos animais e vegetais vivem na água ou precisam dela para se reproduzir. Por exemplo, nós seres humanos vivemos na água no útero materno, onde o ambiente aquoso favorece o desenvolvimento e protege o bebê contra choques mecânicos.

Bebe
Fonte: http://aventurasmaternas.com.br/2015/08/04/a-importancia-do-liquido-amniotico/

Sem a água também não podemos conceber a cultura humana, formas de moradia, qualidade de vida, saúde e alimentação.
Em 2010, a água foi declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um direito universal. Tendo o ser humano o direito ao acesso à água potável e ao saneamento, assim como o dever de manipular com precaução e racionalidade este recurso natural, garantindo a preservação da biodiversidade e promovendo a visão de mundo com a água para a vida e para todos os seres vivos.

Referências
AMABIS, J.M. & MARTHO, G.R. 2010. Biologia: Biologia das células. v.1, 3ª edição, Editora Moderna, São Paulo.
Declaração Universal dos Direitos da Água <http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Meio-Ambiente/declaracao-universal-dos-direitos-da-agua.html>
Ministério do Meio Ambiente. Água, Meio Ambiente e Vida <http://www.mma.gov.br/port/cgmi/nossoamb/agua/agua/ndx04.html>
Organização das Nações Unidas no Brasil. A ONU e a água <https://nacoesunidas.org/acao/agua/>

Autora: Laís Nunes

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Bióloga e pedagoga com mestrado em Biologia Vegetal (UNESP Rio Claro). Tem interesse nas áreas de ecologia, ecossistemas aquáticos, educação ambiental e sustentabilidade.

Mais em Artigos

Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti23 de novembro de 2017
Bolsa Família

O Bolsa Família ocultou a taxa de desemprego real?

Roberto Mangraviti22 de novembro de 2017
QSMS-RS e Sustentabilidade

Mais líderes na gestão de QSMS-RS & Sustentabilidade

Roberto Roche20 de novembro de 2017
Motivação

Teoria da Motivação de McClelland(2)

Roberto Mangraviti17 de novembro de 2017
Infraestrutura

Infraestrutura no Brasil – Concessionárias as únicas com bons resultados( Parte 3)

Roberto Mangraviti16 de novembro de 2017
Gestão Ambiental Portuária

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche14 de novembro de 2017

Motivação na ótica de Maslow

Roberto Mangraviti13 de novembro de 2017
Adam Smith

Lições para o Brasil – Adam Smith

Roberto Mangraviti12 de novembro de 2017
Animal Pré-histórico

Animais que “deram as caras” depois da extinção dos dinossauros

Karen P Castillioni11 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »