Artigos

Algumas lições do Impeachment

Algumas lições do Impeachment

A primeira frase da declaração da presidente afastada, após a saudação de praxe, foi a seguinte: “dirijo-me aos meus 54 milhões de eleitores …”.

Se considerarmos os eleitores como funcionários de uma Empresa, cabe a pergunta, poderia um gestor dirigir-se somente a 50% dos seus comandados?

Consideremos ainda que após 180 dias, a gestora retorne como permite a lei, como será seu discurso? Irá saudar somente a quem a apoia (50%)? Um gestor que não gerencia com olhar sobre 100% de seus comandados, jamais conseguirá sobreviver em qualquer área de atuação. Mesmo sendo obvio que jamais haja unanimidade sobre uma determinada liderança, um líder comete equívoco primário ao demonstrar suas preferências de forma pública. Liderança é sinônimo de equilíbrio, convergência e interseção. Entender o sentido de “Interceder” numa equipe, ao invés de interferir, é uma qualificação tão indispensável em um gestor, quanto a um motorista de ônibus saber ler.

Esta dinâmica de escolhermos nossos líderes pela empatia pública ou pelo impacto que possa se produzir em campanhas, leva a discussão política no Brasil para o campo da “simpatia” ou da “antipatia”, esquecendo-se de tantas outras coisas tão fundamentais no perfil de um gestor. E o que mais assusta nesta obscuridade de tratar discussões políticas como jogo de futebol, é que esta doença permeia todas as esferas culturais do país, desde sempre.

A comprovar este atraso cultural, fomos buscar a partir de um comentário de um renomado historiador, as manchetes dos jornais no Brasil, um dia após a queda do Muro de Berlim, um dos mais marcantes fatos  históricos do século XX. E pasmem … “ TSE não aceita a candidatura de Sílvio Santos” (O Estado de São Paulo 10.10.89) era a manchete do jornal, em detrimento de um acontecimento evidenciado e destacado em todos os jornais do mundo.

Enfim, o muro já caiu há 27 anos …  o socialismo ainda não produziu um único resultado animador em nenhum canto do mundo, e muita gente no Brasil continua discutindo política em botequim, como se fosse Fla x Flu, desprezando economia e história.

Parece-nos que ainda não aprendemos a olhar o que está acontecendo no mundo …

Autor: Roberto Mangraviti

contato@sustentahabilidade.com

 

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Mulher na Dependência Quimica

A vulnerabilidade da mulher e a Dependência Química – Parte 2

Dependência Química19 de janeiro de 2018
Fragilidade Humana

A fragilidade humana …”matéria prima” dos ditadores.

Roberto Mangraviti17 de janeiro de 2018
Investimento

Investimento X Resultado em Qualidade e Sustentabilidade

Roberto Roche16 de janeiro de 2018
crise economia

Consequências da crise econômica: quem vai registrá-las?

Ricardo Rose15 de janeiro de 2018
Lições de Mark Zuckerberg

Lições de Mark Zuckerberg para universitários brasileiros

Roberto Mangraviti14 de janeiro de 2018

Como aparar as asas de aves mantidas como pet

Adriana Tereza Petrocelli13 de janeiro de 2018

Conheça nossa nova Colunista: Adriana Tereza Petrocelli

Bel Gimenez13 de janeiro de 2018
O preço do cobre, os veículos elétricos e a energia renovável

O preço do cobre, os veículos elétricos e a energia renovável.

Roberto Mangraviti12 de janeiro de 2018

Desmatamento na Amazônia, é um estrago irrecuperável?

Roberto Mangraviti10 de janeiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »