Artigos

Amor e Ciência combinam?

Amor e Ciência combinam?

Você se interessa por Ciência e busca um amor?
Este artigo que foi publicado na Nature, trata dessa perfeita combinação, e pode ser que interesse ao leitor.
Parte dele está traduzido aqui, mas você pode ter acesso ao texto completo na integra com o link disponibilizado abaixo.

“Quando os físicos Claudia Felser e Stuart Parkin foram apresentados numa conferência sobre magnetismo aplicado, sentiram uma atração imediata.

Os dois continuaram a se falar e trocaram ideias sobre suas pesquisas, o que os aproximou mais.

Ao fim de 2009, Claudia viajou da Alemanha para trabalhar na Califórnia, onde Stuart trabalhava. “Eu a convidei para ficar comigo”, diz Parkin.

Eles formaram um casal a partir deste encontro … “Então isso foi mais ou menos como começou e ainda estamos trabalhando juntos”, diz ele.

Claudia e Stuart são um dos milhares de casais que se conheceram através da Ciência. De acordo com uma pesquisa de 2010 da US National Science Foundation, 1/4 das pessoas casadas com doutorado, tinha um cônjuge trabalhando em ciências ou engenharia.

Tais parcerias estão em ascensão: em 1993, a proporção era 1/5.

E nos dias de hoje, mais e mais instituições estão contratando casais.

Uma pesquisa de 2008 de cerca de 9.000 cientistas americanos, constatou que a proporção de contratações para casais, aumentou de 3% na década de 1970, para 13% na década de 2000.

E os dados do serviço de encontros on-line PlentyOfFish revelam que, usuários com grau de pós-graduação, tem três vezes mais chances do que um usuário comum, para formar um casal com parceiros que apresentem nível similar de educação.

Todos reconhecem, dentro ou fora da vida acadêmica, que a colaboração é a chave para o processo científico.
Mas quando os colaboradores são parceiros românticos, esse relacionamento oferece algumas vantagens únicas – uma profunda compreensão da personalidade e motivações do outro – bem como o risco de que o trabalho domine a conversa na mesa de jantar.

Amor e Ciência2

Nos últimos anos, Claudia e Stuart conseguiram passar até 1/4 do seu tempo juntos.

Conferências e reuniões se tornaram formas frutíferas de encontro. “Assim que as pessoas reconheceram que éramos um casal,  começaram a nos convidar para as conferências. Foi muito bom “, diz Claudia.

Eles planejam se casar em dezembro – no aniversário de Stuart, “então eu não vou esquecer”, diz ele. “

 

Texto: Karen P Castillioni
contato@sustentahabilidade.com

 

Referencia e figuras:

http://www.nature.com/news/love-in-the-lab-close-collaborators-1.15458

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Bióloga com Mestrado em Botânica pela UNESP.Desenvolvedora de estudos ligados à ecologia, conservação, sustentabilidade e impactos das alterações climáticas.

Mais em Artigos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Roberto Roche12 de dezembro de 2017
São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »