Artigos

Dia do Meio Ambiente

Dia do Meio Ambiente

Neste mês de Junho, quando é celebrado o Dia do Meio Ambiente, data esta estabelecida pela Organização das Nações Unidas, esta coluna completa 6 meses. Neste período, procurou-se utilizar este precioso espaço para apresentar uma visão nada lúdica e focada em aspectos econômicos para demonstrar a verdadeira importância que o tema merece.
O jornalista e pesquisador Eduardo Bueno , estima que a coroa portuguesa transportou 7 milhões de árvores de pau-brasil para Portugal durante a colonização. Por ações depredatórias desta magnitude que a ONU institui o Dia do Meio Ambiente como alerta aos excessos cometidos contra as riquezas do Planeta. Contudo apesar desses abusos, os conceitos de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Corporativa , como destacado em colunas anteriores, são preocupações centenárias na existência da humanidade. Naturalmente que ganha relevância nos dias de hoje dada a escassez de recursos em razão da própria população do planeta que supera 6 bilhões de habitantes. No século 18 o Ouvidor Pardinho já punia de forma pecuniária, os caçadores nos arredores de Curitiba que desrespeitassem a fauna e em 1896 Svant Arrhenius, químico sueco previu o aquecimento global. Nos dias de hoje, economistas alertam que será necessário um aumento de 500% na eficiência da produção para atender a demanda desta população, nos próximos 20 anos, em face dos escassos recursos naturais. Será também necessário um dramático aumento na produção de energia limpa, para que a economia não seja afetada. E o Brasil possuí todas as possibilidades de ser muito pouco afetado por esta crise, por possuir as maiores reservas natural e hídrica além da imensidão costeira para produção eólica e captação solar. Contudo não se percebe nas empresas como um todo, uma busca consistente por substituição de fontes energéticas, redução de custo operacional através da inovação ou conscientização efetiva da população pelos órgãos públicos quanto a produção de lixo ou uso consciente de energia. Há portanto um longo percurso pela frente no desenvolvimento de um novo DNA especialmente entre as médias e pequenas empresas, para utilização destas novas tecnologias e conscientização das necessidades em produzirmos com eficiência e respeito ambiental. Esperamos de alguma forma, ter contribuído nestes 6 meses, na divulgação do tema de forma clara e objetiva . Importante destacar o auxílio luxuoso do amigo Ricardo Rose, Diretor de Meio Ambiente da Câmara Brasil Alemanha, nesta missão, compartilhando o espaço e disponibilizando seu conhecimento com temas relevantes.

Até breve.

Roberto Mangraviti – Consultor da Trade Marketing –
rmangraviti@trademarketing.com.br

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

BNPETRO

Unicórnio nacional é destaque no mundo dos negócios ambientais

Roberto Mangraviti8 de agosto de 2020
Energia limpa crescendo em 2020 no Mundo

Energia limpa crescendo em 2020 no Mundo

Roberto Mangraviti3 de agosto de 2020
Novo marco legal do saneamento

Novo marco legal do saneamento

Roberto Mangraviti26 de julho de 2020
Conheça do benefícios das plantas medicinais e aromáticas

Conheça do benefícios das plantas medicinais e aromáticas

Isabel Gimenez20 de julho de 2020
Irrigação por Energia Solar

Primeiro pivô de irrigação por energia solar é lançado no Brasil

Roberto Mangraviti13 de julho de 2020
Biosolvit é ganhadora do Virtual South Summit de Sustentabilidade

Biosolvit é ganhadora do Virtual South Summit de Sustentabilidade

Roberto Mangraviti28 de junho de 2020
Transações online de gado ganham força durante pandemia

Transações online de gado ganham força durante pandemia

Roberto Mangraviti15 de junho de 2020
Oceanos e suas biodiversidades em alerta

Oceanos e suas biodiversidades em alerta

Convidado9 de junho de 2020
Resignifcando o Século XXI e ½ : do “politicamente correto” ao economicamente inepto.

Resignifcando o Século XXI e ½ : do “politicamente correto” ao economicamente inepto.

Roberto Mangraviti7 de junho de 2020

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com