Artigos

Brasil… um porto seguro?

Brasil… um porto seguro?

BRASIL … um porto seguro?

A palavra “oportunidade” representa um momento ou ocasião adequada para realização de algo. É oriunda da expressão latina  ob portus, que significava literalmente “para o porto”. Isto porque desde a época dos fenícios atracar num porto seguro, era algo muito desejado não só pelos navegadores. Em tempos de globalização a importância dos portos, é um dos fatores que caracteriza a inserção de um país dentro do contexto mundial.  Neste conceito a China mostra-se gigantesca, mantendo 07 entre os 10 maiores portos em movimentação de carga no mundo. O porto de Santos (SP) o maior do Brasil, ocupa apenas a posição 38.a, movimentando 10 vezes menos carga que o porto de Xangai. Contudo atracar num porto seguro nos dias de hoje,  ganha  relevância outro conceito ligado  a chamada “saúde dos mares”. Isto porque todo navio transposta água de lastro, que equilibra o barco e dá sustentação para a viagem. Ao chegar ao destino, a embarcação é obrigada a lançar a água de lastro ( recolhida no porto anterior) transferindo portanto para outro habitat bactérias e micro organismos que não encontram predadores naturais, desequilibrando assim os portos através da proliferação descontrolada. A legislação brasileira obriga as embarcações lançarem a água de lastro antes de adentrarem as 200 milhas brasileiras regulamentares, mas lançar o lastro tão distante do destino aumenta o consumo de combustível pois obriga maior esforço dos motores, caso haja pouca carga sendo transportada. Quanto aos riscos e a saúde dos mares, tema fundamental, abrangente e técnico, será em breve abordado pela nossa colunista especialista no assunto Thayna Correia.

1º – Xangai, China

2º – Cingapura, Cingapura

3º – Shenzhen, China

4º – Hong Kong, China

5º – Busan, Coréia do Sul

6º – Ningbo, China

7º – Qingdao, China

8º – Guangzhou, China

9º – Dubai, EUA

10º – Tiabjin, China

38º – Santos, Brasil

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti23 de novembro de 2017
Bolsa Família

O Bolsa Família ocultou a taxa de desemprego real?

Roberto Mangraviti22 de novembro de 2017
QSMS-RS e Sustentabilidade

Mais líderes na gestão de QSMS-RS & Sustentabilidade

Roberto Roche20 de novembro de 2017
Motivação

Teoria da Motivação de McClelland(2)

Roberto Mangraviti17 de novembro de 2017
Infraestrutura

Infraestrutura no Brasil – Concessionárias as únicas com bons resultados( Parte 3)

Roberto Mangraviti16 de novembro de 2017
Gestão Ambiental Portuária

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche14 de novembro de 2017

Motivação na ótica de Maslow

Roberto Mangraviti13 de novembro de 2017
Adam Smith

Lições para o Brasil – Adam Smith

Roberto Mangraviti12 de novembro de 2017
Animal Pré-histórico

Animais que “deram as caras” depois da extinção dos dinossauros

Karen P Castillioni11 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »