Artigos

Cabines de descanso em rodovias brasileiras são instaladas na BR386

Cabines de descanso em rodovias brasileiras são instaladas na BR386

O Brasil assinou compromisso em 2011 junto a OMS e ONU para a redução de 50% da violência no trânsito. A conhecida Lei dos Caminhoneiros (13.103/2015) é uma das ações federais previstas para minimizar o índice de fatalidade nas estradas. Nos últimos vinte anos foram 400 mil vidas perdidas e dois milhões de pessoas incapacitadas gerando um custo econômico de R$ 12 bilhões aos brasileiros segundo o IPEA. Diante deste cenário está a atuação da startup SleepBoll, que investe em infraestrutura de cabines para dormir e cochilar nos pontos de paradas das rodovias necessários ao cumprimento da nova legislação. O projeto atende postos de combustíveis e praças de pedágio, tendo o primeiro protótipo já instalado no Posto Buffon de Nova Santa Rita (RS), na BR 386, 4358.

Há quatro anos da implementação da Lei dos Caminhoneiros, uma sequência de alterações relacionadas á jornada de trabalho do motorista profissional foram implementadas visando o avanço e a segurança do setor. Para o cumprimento prático das normas, fica um desafio à Federação de acordo com o CEO da SleepBoll, Luciano Paixão: “a cada cinco horas rodando na estrada, a parada para o descanso é obrigatória, de no mínimo meia hora. Nas rodovias, aonde estão estas instalações que obrigatoriamente devem acolher o motorista? Percebemos que a implantação dos ponto de parada até 2020, conforme prevê a Portaria 944/2015 do Ministério do Trabalho, requer uma força tarefa do governo no sentido de criar uma linha de crédito a longo prazo específica junto ao BNDES viabilizando o investimento do mercado privado nesta demanda gerada pela Lei”, explica.

A solução da SleepBoll é a instalação do projeto IOT-B2B nos postos de combustíveis e pedágios nas rodovias brasileiras. São cabines de dormir no formato modular, com climatização e automação embarcados, podendo ser reservada online ou locada  diretamente no local. Elas estão em conformidade com o Plano Gerenciamento de Riscos (PGR).

“A utilização pelo caminhoneiro pode ser por minutos ou horas. O resultado para a sociedade é a inovação pela economia colaborativa, que elimina intermediários e desmonetiza os usuários finais, permitindo acesso direto pelo aplicativo (app.sleepboll.com.br). A limpeza, segurança e espaço, ficará a cargo do cedente que fará a cessão do local”, comenta Luciano Paixão.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Energia Solar

Empreendimentos utilizando energia solar

Roberto Mangraviti20 de outubro de 2019
Consumidor buscando marcas sustentáveis no Varejo

Consumidor buscando marcas sustentáveis no Varejo

Roberto Mangraviti19 de outubro de 2019

Problemas com a Pressão Arterial e Estresse entenda as funções do Cortisol

Dr Leo Kahn14 de outubro de 2019
Minuto ODS - Vida Terrestre

Vídeo Minuto ODS 17 – Parcerias e Meios de Implementação –

Bel Gimenez12 de outubro de 2019
Selfie para biometria e assinatura digital

Selfie para biometria e assinatura digital

Roberto Mangraviti11 de outubro de 2019
Minuto ODS - Vida Terrestre

Vídeo Minuto ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes

Bel Gimenez7 de outubro de 2019
Curso de Cuidadores em SP

Cursos de Cuidadores em SP – 05 Vagas Gratuitas

Roberto Mangraviti2 de outubro de 2019

Especiarias e ervas aromáticas: quais você conhece?

Karen P Castillioni30 de setembro de 2019
Minuto ODS - Vida Terrestre

Vídeo Minuto ODS 15 – Vida Terrestre

Bel Gimenez28 de setembro de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »