Artigos

Cientistas e historiadores ficam em alerta sobre a Estátua de David, de Michelangelo

Cientistas e historiadores ficam em alerta sobre a Estátua de David, de Michelangelo

A estátua de David, esculpida por Michelangelo, tem sido permanente uma obra impressionante a mais de 500 anos. No entanto, mesmo esta famosa obra prima, está à mercê dos elementos e da velhice.

Os cientistas e historiadores de arte estão cada vez mais preocupados com a estátua de 5,2 metros, pois ela pode se desmoronar durante o próximo terremoto que houver na Itália. Como ocorre em todas as obras que são bem antigas, os tornozelos de David estão apresentando fraturas microscópicas, particularmente na base da perna direita.

Os admiradores da arte os notaram no século XIX, e mais recentemente os cientistas tentaram traçar essas fraturas.

Em 2014, os geocientistas italianos lançaram um estudo onde tentaram compreender as fraturas criando miniaturas da escultura de David de 10 centímetros de altura e as submeteram a um terremoto artificial. Eles descobriram que os modelos poderiam romper os tornozelos e facilmente cair se um terremoto movesse a estátua mais de 15 graus.

Estes dados foram recentemente presenciados, depois do mês de agosto e outubro de 2016, onde terremotos atingiram o centro – norte da Itália. Junto com a trágica perda de mais de 300 vidas, vários monumentos e museus da Itália foram danificados.

Os cientistas que trabalham no museu têm uma solução. Eles esperam instalar uma camada “anti-sísmica” debaixo da base da estátua, onde poderia ajudar a estátua a se estabilizar durante um terremoto. Outra equipe espera analisar ainda mais a estrutura da Galleria dell’Accademia, e ver outros métodos contra um terremoto forte.

Texto: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »