Artigos

Como alimentar corretamente meu jabuti?

Como alimentar corretamente meu jabuti?

Dentre os répteis, os jabutis são os mais populares como animais de estimação.  São animais silvestres que atualmente podem ser adquiridos de criadouros legalizados pelo IBAMA. Pertencem a ordem Chelonia, apresentam o corpo protegido por uma estrutura óssea formada pelas vértebras e costelas revestidas por placas córneas, chamada de carapaça onde quando se sente ameaçado protege a cabeça,  patas e cauda.

As duas espécies encontradas no Brasil são o jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria), com escamas de cor avermelhada na cabeça e patas, é o mais comum podendo ser encontrado de norte a sul do Brasil e o jabuti- tinga (Chelonoidis denticulata), com pigmentos de cor amarelada na cabeça e patas, sendo encontrados no norte, nordeste e centro-oeste do País.

São exclusivamente terrestres, de hábitos diurnos e apesar de nos referirmos a estes animais como “lentos”, percorrem alguns quilômetros facilmente.

Animais onívoros se alimentam de frutos, raízes, insetos, verduras, legumes e é necrófago facultativo. Necessitam diversificar a alimentação para um desenvolvimento saudável, caso contrário teremos sérios problemas de desenvolvimento de casco, problemas ósseos muitas vezes com danos irreversíveis e causando dores e dificuldade de locomoção.

Uma dieta saudável deve ser composta de vegetais de preferência por folhas escuras (couve, chicória, espinafre e em menor frequência o alface), legumes (cenoura, beterraba, pepino, tomate)  e frutas (banana, mamão, maçã, uva, pêssego, abacate) entre outros, diversificando diariamente o que é oferecido.  Uma vez por semana é importante incorporar uma proteína como ovo cozido (com casca), ração para jabutis, insetos como tenébrios, minhocas etc.

Não esquecer de deixar a água à vontade, esta é uma das maiores falhas dos tutores, em uma vasilha grande porém, não funda (cerca de uns 7cm), às vezes eles gostam de se refrescar nela.

Cuidado pois se os animais ficam em um espaço com areia e pedras, na falta de alimentos eles poderão ingerir estes itens, podendo ocasionar problemas digestivos necessitando de uma intervenção cirúrgica, além disso se você possui outros animais como cães e gatos, as fezes destes animais devem ser recolhidas, caso contrário poderão ser atrativos para seu jabuti.

Como todo réptil é um animal ectotérmico, ou seja, necessita da temperatura ambiente para equilibrar sua temperatura corporal, logo em épocas frias do ano ele reduz significativamente a alimentação, conforme há o aumento da temperatura seu metabolismo aumenta e seu apetite também.

Lembre-se que a chave para o desenvolvimento saudável de seu animal está na diversificação dos alimentos, desta forma terão acesso a diferentes fontes, de vitaminas, minerais e proteínas e você terá um companheiro saudável por muitos anos.

Jabuti

 

Texto: Adriana Petrocelli
contato@sustentahabilidade.com

 

Outros Textos da Autora:

 

Como aparar as asas de aves mantidas como pet

 

Fontes:

Cubas, Z. et al, Tratado de animais selvagens , vol I, Editora Roca, São Paulo, 2014

Jerozolimski, Adriano et al, Ecologia de populações silvestres dos jabutis Geochelone denticulata e G. carbonaria (Cryptodira: Testudinidae) no território da aldeia de A’Ukre, TI Kayapó, sul do Pará (2005) – Dissertação pós doutorado, Universidade de São Paulo, 2005

http://www.tartarugas.avph.com.br

 

Imagens: Adriana Petrocelli

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos

Graduada em Medicina Veterinária, Mestrado em Ciências Veterinárias e Especialização em Ciências Aviárias, pela Universidade Federal de Uberlândia. Docente das disciplinas Doenças Parasitárias e Gestão Agroindustrial.

Mais em Artigos

Queimadas 2017

Queimadas 2017

Roberto Mangraviti18 de fevereiro de 2018
Upp's no Rio de Janeiro

As UPP’S do Rio de Janeiro… uma farsa para “ inglês ver”.

Roberto Mangraviti17 de fevereiro de 2018
Energia de gás natural e biomassa

Energia de gás natural e biomassa

Bel Gimenez16 de fevereiro de 2018
Humburger

Alimentos feitos de insetos, uma realidade de mercado.

Roberto Mangraviti14 de fevereiro de 2018
A Mordida da Centopéia

A mordida da centopéia

Karen P Castillioni13 de fevereiro de 2018
Nicolas Maduro

E agora José ?

Roberto Mangraviti12 de fevereiro de 2018
Empório Mata Atlântica

Empório Mata Atlântica com picolés de Uvaia e Juçara.

Bel Gimenez11 de fevereiro de 2018
Plásticos no Mar

Como o plástico está prejudicando recifes de corais?

Karen P Castillioni9 de fevereiro de 2018
O capital

Melhora ou estagnação?

Ricardo Rose8 de fevereiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »