Artigos

Como fazer um Sabre de Luz?

Como fazer um Sabre de Luz?

O sabre de luz é provavelmente a arma mais legal que se teve aparição nas telas do cinema. As lutas que ocorrem com os sabres de luz ocorrem de uma forma espetacular e ao mesmo tempo hipnóticos de tão belas, embora creio que ninguém gostaria de ter um fluxo de energia forte o suficiente passando por nossas veias, e sem dúvida, um sabre de luz é de longe a arma mais mortífera para ser encontrada no universo.

A ideia por trás de um sabre de luz, diga-se de passagem, é simples: um peso leve e uma ferramenta imensamente poderosa que utiliza uma lâmina de energia não só para fatiar discípulos do lado negro da força em um único golpe, mas também agir como um escudo eficaz contra explosões de laser.

Então, por que não temos sabres de luz na vida real?

Certamente os físicos deve ser inteligentes o suficiente (e grandes fãs de Star Wars) para serem capazes de produzir um desses incríveis objetos.A maneira mais óbvia de construir um sabre de luz, seria a utilização de um laser, que pode ser visto como uma explosão particularmente brilhante e direcional de luz. Mas mesmo que a tecnologia laser esteja continuamente caminhando em direção as máquinas mais eficientes e práticas, ainda estamos a milhas de distância de um sabre de luz como o do Star Wars. Vamos ver o porquê.

O primeiro desafio é fazer a lâmina de seu sabre de luz em um tamanho aceitável, digamos em torno de três à quatro centímetros. Para fazer isso, você teria que fazer o feixe de laser chegar a uma paragem de um determinado ponto. Isso não será fácil, já que a luz tem uma tendência natural para continuar se propagando, se ele não encontrar quaisquer obstáculos.

Uma solução poderia ser a colocação de um espelho pequeno na ponta da lâmina. Mas você pode imaginar o quão embaraçoso seria se apresentar no campo de batalha com um sabre de luz cercado por uma estrutura de suporte para um pequeno espelho na sua extremidade. Além de ser muito frágil, tal lâmina não seria capaz de machucar ninguém.

O segundo problema é que a lâmina vai precisar de uma energia muito intensa para ser capaz de cortar através de materiais. Lasers de soldadura utilizados na indústria podem fazer isso, mas eles normalmente exigem vários quilowatts de energia. A fonte de alimentação para esses lasers é enorme e certamente não iriam caber no pequeno punho de um sabre de luz. Além disso, você precisaria de um mecanismo de resfriamento considerável se você não quer que o punho se torne incandescente o suficiente para derreter a sua mão.

Além destes pontos mais práticos, os efeitos surpreendentes de um sabre de luz em lutas seria inviável. Dois sabres de luz de laser nunca iriam se colidir um contra o outro. Eles simplesmente iriam passar através do outro com nenhum efeito. Esta é a razão pela qual os lasers utilizados em clubes e danceterias precisam de fumaça ou neblina para seres vistos. As partículas de fumaça funcionam como minúsculas partículas que pulverizam a luz do laser e fazem com que elas sejam visíveis.

Sabre de Luz2

Mas nem tudo está perdido. Ninguém nunca disse que um sabre de luz deve ser baseado na tecnologia laser. Uma alternativa já existe sob a forma de plasma.

O plasma é efetivamente um gás tão quente, que seus átomos são quebrados em seus componentes mais fundamentais, a saber, os elétrons e os seus núcleos. Eles podem ser gerados através da aplicação de descargas elétricas poderosas a um gás (o relâmpago é um exemplo) e são capazes de sustentar altas temperaturas tão elevadas como milhões de graus Celsius.

O mais interessante é que o plasma quente tende a emitir cores diferentes, dependendo do gás de que são feitos. Por exemplo, uma luz de néon é nada mais que um tubo cheio de gás neon em um estado de plasma. O sabre de luz verde dos Cavaleiros Jedi poderiam ser feitos a partir do plasma de cloro, que emite luz predominantemente verde, enquanto os sabres de luz vermelho dos vilões Sith, poderiam ser feitos de hélio, que emitem principalmente a cor vermelha/violeta do espectro.

Você ainda pode ter um ou dois problemas em compactar tudo em um sabre (onde você está indo para armazenar o gás a ser continuamente inchado do filamento?) e robusto o suficiente para resistir a um golpe de outro sabre de luz, mas já pode ser um bom começo. Afinal, o Império Galáctico não foi construído em um dia.

Autor: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Roberto Roche12 de dezembro de 2017
São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »