Artigos

Conheça a galáxia mais distante, por nós observada.

Conheça a galáxia mais distante, por nós observada.

Se existisse um livro dos records para a Astronomia, nós estaríamos escrevendo mais uma página para a Ciência com a descoberta da galáxia mais distante observada pelo Telescópio Espacial Hubble, instrumento óptico que nos permite viajar pelos confins do universo com suas fotografias.

Chamado de GN-z11, a galáxia surgiu há 13,4 bilhões de anos atrás, e devido a expansão do universo, ela se encontra a mais de 32 bilhões de anos-luz da Terra. Isto significa que nós estamos olhando para a galáxia há apenas 400 milhões de anos, após o Big Bang, o que a torna impressionante. 

O recorde anterior para a galáxia mais distante que tínhamos encontrado, era para a galáxia EGS8p7, que fica há 13,2 bilhões de anos.

A descoberta da GN-z11 será publicada no periódico The Astrophysical Journal, hoje dia 8 de março.

Galaxy_2

                      ​Telescópio Espacial Hubble, lançado em 1990. Foto: NASA

A galáxia se encontra na constelação da Ursa Maior, e se mostra interessante porque os astrônomos não esperavam encontrar algo tão distante em imagens captadas pelo Telecópio Hubble. Isso só foi possível graças à elevada taxa de formação de estrelas para a galáxia. Esta situação o torna bastante brilhante, permitindo que a câmera instalada no telescópio pudesse medir o “redshift” da galáxia. Quanto maior o desvio para o vermelho, mais distante se encontra a galáxia.

A galáxia GN-z11 é 25 vezes menor do que a Via Láctea, e tem apenas 1% por cento da massa de estrelas que contém a nossa galáxia. Porém, ela cria estrelas de forma 20 vezes mais rápida do que a Via Láctea, fato muito interessante em se tratando de uma galáxia que foi criada logo após o Big Bang.

Imagem de Capa: Créditos: NASA / ESA / P. Oesch / G. Brammer / P. van Dokkum / G. Illingworth
Autor: Cristian Reis Westphal – Projeto Ciência e Astronomia
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

Motivação

Teoria da Motivação de McClelland(2)

Roberto Mangraviti17 de novembro de 2017
Infraestrutura

Infraestrutura no Brasil – Concessionárias as únicas com bons resultados( Parte 3)

Roberto Mangraviti16 de novembro de 2017
Gestão Ambiental Portuária

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche14 de novembro de 2017

Motivação na ótica de Maslow

Roberto Mangraviti13 de novembro de 2017
Adam Smith

Lições para o Brasil – Adam Smith

Roberto Mangraviti12 de novembro de 2017
Animal Pré-histórico

Animais que “deram as caras” depois da extinção dos dinossauros

Karen P Castillioni11 de novembro de 2017
quando o medicamento vira droga

Quando o analgésico mata

Dependência Química9 de novembro de 2017

Infraestrutura – Brasil no descompasso internacional (2)

Roberto Mangraviti8 de novembro de 2017
Políticos Ranking

Dica de Hoje: site faz “Ranking” de políticos.

Roberto Mangraviti7 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »