Artigos

Conheça a “tatuagem temporária” que mostra quando você estiver bêbado

Conheça a “tatuagem temporária” que mostra quando você estiver bêbado

Embriaguez e tatuagens são duas coisas que em primeira instância nós não conseguimos encontrar uma ligação em comum. Entretanto, isso pode mudar segundo uma nova tecnologia sendo desenvolvida

Os cientistas e engenheiros da UC San Diego desenvolveram um sistema de sensores em forma de uma “tatuagem temporária” que é capaz de dar uma indicação sobre a quantidade de álcool que você tem em seu corpo.

A equipe de nanoengenheiros revelou recentemente o seu projeto em um estudo  publicado no American Chemical Society. Funciona por meio de um sensor eletroquímico que é capaz de detectar níveis de álcool através das quantidades imperceptíveis de suor presentes na pele.

Os sensores estão localizados em uma fina película que os pesquisadores apelidaram de “tatuagem temporária.”

É um emplastro de hidrogel que contém eletrodos e pilocarpina, uma droga que induz a transpiração. Ele também possui uma placa de circuito flexível para processar essas informações, que monitora o nível de álcool no prazo de 15 minutos. Usando uma conexão Bluetooth, você será capaz de ver a quantidade de álcool presente em seu corpo através de um aplicativo de smartphone especialmente projetado.

embreaguez_1

“Quando você está em uma festa ou em um bar, este sensor pode enviar alertas para o seu telefone para que você saiba o quanto você andou bebendo,” relatou Jayoung Kim, engenheiro Ph.D.  em Ciência dos matérias e co-autor do projeto.

“Esta tecnologia oferece uma maneira precisa, conveniente e rápida para monitorar o consumo de álcool para ajudar a impedir as pessoas de dirigir embriagado”, acrescentou o principal autor do projeto Joseph Wang, professor de nanoengenharia UC San Diego.

Autor: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Desde 2009 lidera o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

Cães podem ser geneticamente programados para amar seres humanos

Cristian Reis Westphal22 de março de 2019
Dislexia

Dislexia

Dr Leo Kahn21 de março de 2019
Humanos e Animais

Famílias Multiespécies

Fernanda Lanzelotti20 de março de 2019
Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti19 de março de 2019
Herpes Zoster

Herpes zoster

Dr Leo Kahn16 de março de 2019

Evidências mostram origem de vida humana no Sul da Austrália

Cristian Reis Westphal14 de março de 2019

Mata Ciliar: os cílios das águas

Laís Nunes13 de março de 2019
Imprensa

No país das declarações

Ricardo Rose12 de março de 2019
Guedes ... um país de extrativistas falando muita merda.

Guedes … um país de extrativistas falando muita merda.

Roberto Mangraviti12 de março de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »