Artigos

Cuidando dos dentes do seu pet

Cuidando dos dentes do seu pet

A saúde começa pela boca. Essa sentença tão popular se aplica aos nossos pets, já que eles  também podem ter dor de dente.

Para muitas pessoas a ideia de escovar os dentes de um cão ou gato parece absurda,  mas é tudo uma questão de adaptação e de novos hábitos.

Assim como nos humanos, primeiro nascem os “dentes de leite” (decíduos ) e por volta dos 5 ou 6 meses, essa dentição é trocada  surgindo os dentes permanentes. Os cães possuem 42 dentes permanentes e os gatos 30. Para preservamos os dentes saudáveis é importante iniciar a escovação desde filhotes, pois nessa fase é mais fácil condicionar os animais ao processo de higienização dentária. Existem escovas e pastas de dente próprias que são encontradas  facilmente em pet shops. O ideal é que a escovação seja feita diariamente, ou no máximo a cada 48 horas, pois esse é o tempo de instalação de placas bacterianas nos dentes.

Os sinais mais comuns de que seu animal está com doença periodontal  dá-se nas seguintes situações : quando observa-se  a halitose (mal cheiro na boca), na  presença de tártaro (placas bacterianas), relutância em comer ração seca, ou ainda no surgimento de salivação e sangramento na gengiva.  Nesses casos o tratamento é a limpeza e polimento odontológico. A escovação não resolve o problema nesse estágio e pode causar dor. O ideal é procurar um médico veterinário para avaliar a boca, que deverá realizar exames de sangue e outros que julgar necessário para segurança durante a anestesia e procedimento de limpeza/ polimento.  Solucionadas estas situações, o proprietário deve iniciar a escovação para prevenir a fixação de novas placas bacterianas.

Em casos extremos da doença dentária, pode ocorrer fratura de mandíbula, infecções oftalmológicas e na pior das hipóteses, as bactérias da boca podem atingir a corrente sanguínea e se instalar no rim/fígado ou coração.

Portanto, tudo isso pode ser evitado de investirmos um tempinho do nosso dia para escovar os dentes dos nossos animais.  A prevenção é tudo, sempre!

Autora: Fernanda Lanzelotti

contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos

Médica Veterinária graduada na Unesp - Botucatu. Pós-Graduada em Acupuntura Veterinária e em clínica médica e cirúrgica de Felinos. Os atendimentos são realizados no cunsultório da Clínica Veterinária Spécialité -Uberlândia -Mg

Mais em Artigos

Queimadas 2017

Queimadas 2017

Roberto Mangraviti18 de fevereiro de 2018
Upp's no Rio de Janeiro

As UPP’S do Rio de Janeiro… uma farsa para “ inglês ver”.

Roberto Mangraviti17 de fevereiro de 2018
Energia de gás natural e biomassa

Energia de gás natural e biomassa

Bel Gimenez16 de fevereiro de 2018
Humburger

Alimentos feitos de insetos, uma realidade de mercado.

Roberto Mangraviti14 de fevereiro de 2018
A Mordida da Centopéia

A mordida da centopéia

Karen P Castillioni13 de fevereiro de 2018
Nicolas Maduro

E agora José ?

Roberto Mangraviti12 de fevereiro de 2018
Empório Mata Atlântica

Empório Mata Atlântica com picolés de Uvaia e Juçara.

Bel Gimenez11 de fevereiro de 2018
Plásticos no Mar

Como o plástico está prejudicando recifes de corais?

Karen P Castillioni9 de fevereiro de 2018
O capital

Melhora ou estagnação?

Ricardo Rose8 de fevereiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »