Artigos

Dislexia

Dislexia

Transtorno do aprendizado abrangendo a leitura, escrita, soletração ou suas combinações, com origem genético-hereditária acomete indivíduos que tenham familiares com problemas fonológicos.

Essas alterações ocorrem em cromossomos específicos 6/ 1/ 2/ 15, ocasionando interrupção ou malformação nas conexões cerebrais que ligam zonas anteriores (lobo frontal) com zonas mais posteriores (lobo parietal e occipital) do córtex cerebral.

Podem ser divididas em:

Central – ocorre o comprometimento do processamento linguístico dos estímulos, ou seja, alterações no processo de conversão da ortografia para fonologia.

Periférica – acomete o sistema de análise visual-perceptiva para leitura, havendo prejuízos na compreensão do material lido.

De acordo com a Associação Brasileira de Dislexia, o transtorno acomete de 0,5% a 17% da população mundial, podendo se manifestar em pessoas com inteligência normal ou mesmo superiores e persistir na vida adulta.

Fatores de risco:

  • Déficits cognitivos.
  • Fatores neurológicos (neuroanatômicos e neurofisiológicos).
  • Prematuridade e baixo peso ao nascimento.
  • Influências genéticas e ambientais.

Sinais e Sintomas:

  • Atraso na aquisição da fala.
  • Atraso no desenvolvimento motor como engatinhar, sentar e andar.
  • Não entende o que ouve.
  • Hiperativa ou hipoativa.
  • Dificuldade em ler e escrever, inventando, acrescentando ou omitindo palavras.
  • Dificuldade em compreender textos.
  • Dificuldade em se concentrar.
  • Não gosta de ler em voz alta.
  • Esquece facilmente o que aprende.
  • Confusão entre esquerda e direita, cima e baixo, frente e atrás.
  • Dificuldade em soletrar.
  • Escrita lenta, ilegível e desordenada.
  • Dificuldade no cálculo mental e na gestão do tempo.
  • Necessidade de reler várias vezes o mesmo texto para compreender.
  • Confusão em relação à pontuação e gramática;
  • Dificuldade no planejamento, organização e manejo do tempo ou tarefas.

O diagnóstico é realizado por uma equipe multidisciplinar (médico, psicólogo, psicopedagogo, fonoaudiólogo e neurologista), descartando ocorrência de deficiências visuais e auditivas, déficit de atenção, escolarização inadequada, problemas emocionais, psicológicos e socioeconômicos que possam interferir na aprendizagem.

SAIBA MAIS:

Entre as dislexias centrais, ressaltam-se a fonológica, a de superfície e a profunda; já as dislexias periféricas incluem a dislexia atencional, a por negligência e a literal.

Nas dislexias de desenvolvimento, as mais comuns são a dislexia fonológica e a de superfície e a dislexia semântica (caracteriza-se pela preservação da leitura em voz alta, sem erros de decodificação (fonema-grafema), porém com pobreza na compreensão da escrita).

Vale lembrar que uma criança que tenha um genitor disléxico apresenta um risco importante de apresentar dislexia, sendo que 23 a 65 % delas apresenta o distúrbio.

Distúrbio (ou transtorno) do aprendizado mais frequentemente identificado na sala de aula.

No Brasil, cerca de 40% das crianças em séries iniciais de alfabetização apresentam dificuldades escolares, enquanto que em países mais desenvolvidos a porcentagem não chega a 20%.

Sabe-se que se um aluno com dificuldades de aprendizagem for bem conduzido pelos profissionais de saúde e educação, em conjunto com a família, poderá obter êxito nos resultados escolares.

Crianças de famílias que têm história da dislexia poderão ser testadas.

Se tiverem o risco genético podem ser colocadas em programas precoces de intervenção.

É importante estabelecer o diagnóstico para evitar reflexos negativos sobre sua autoestima e projeto de vida.

Texto: Dr. Leo Kahn

Imagem: https://cognitivaeducacional.com/cursos/educacao

Artigos

Dr.Leo Kahn é médico atuante nas áreas de Endocrinologia e obesidade, foi diretor e coordenador clínico de instituições médicas, palestrante e conferencista internacional. Atua como consultor médico em vários programas de rádio e TV. Coach de Saúde de Performance e atuante em Medicina Preventiva e de Resultados.

Mais em Artigos

O sistema de defesa contra infecções - Entenda esse jogo de edição de genomas!

Você sabe o que é CRISPR-Cas9? Entenda esse jogo de edição de genomas!

LIDIANE DE SOUZA TORRES6 de novembro de 2019

Educação Ambiental

Karen P Castillioni31 de outubro de 2019

Conheça a apelidada “árvore da morte”

Cristian Reis Westphal30 de outubro de 2019

Guia Prático de cuidados com filhotes caninos.

Fernanda Lanzelotti29 de outubro de 2019

Qual a real cor do Sol?

Cristian Reis Westphal28 de outubro de 2019

Rios voadores: há muita água sobre nossas cabeças

Karen P Castillioni25 de outubro de 2019
Monte das Serras

Como fazer um controle biológico de pragas e doenças adequado?

Roberto Mangraviti22 de outubro de 2019
Energia Solar

Empreendimentos utilizando energia solar

Roberto Mangraviti20 de outubro de 2019
Consumidor buscando marcas sustentáveis no Varejo

Consumidor buscando marcas sustentáveis no Varejo

Roberto Mangraviti19 de outubro de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com