5 Minutos Entrevista

Entrevista Sandra Assali, Dirigente da Associação Brasileira Parentes e Amigos Vitimas Acidentes Aéreos – Abrapavaa

Entrevista Sandra Assali, Dirigente da Associação Brasileira Parentes e Amigos Vitimas Acidentes Aéreos – Abrapavaa

1. Como e quando foi constituída a Abrapavaa ?

A Abrapavaa foi constituída após o acidente da TAM 402 em SP, em 31 de outubro de 1996, com 99 vitimas fatais. Ela foi fundada com a união dos familiares das vítimas e, como não havia nenhuma referência no Brasil nesse sentido, os familiares estavam sem orientação de apoio, assistência, etc.

2. Qual o foco da Associação ?

A Abrapavaa foi constituída para dar apoio e assistência a familiares de vitimas de acidentes e incidentes aéreos no Brasil. Com 17 anos de existência, já deu assistência a mais de 90 acidentes aéreos. Fornecemos as orientações quanto ao caminho a seguir, seus direitos, obrigações da cia.aérea, assistência médica, psicológica, quais as possibilidades na justiça, etc.

3. Qual o perfil dos dirigentes que compõe a Associação ?

A Abrapavaa possui – Presidente, Vice-Presidente e 2 diretores – A Presidente e o diretor administrativo – são advogados. O vice-presidente e o diretor de comunicação – são oriundos da aviação

4. Quais as conquistas a destacar ?

A Abrapavaa foi a primeira Associação de assistência e apoio a familiares de vitimas. Uma de nossas conquistas foi que, com um trabalho em conjunto com o Congresso Nacional, o Brasil tivesse um “Orgão de Assistência a Familiares de Vitimas” por determinação da ANAC (Agencia Nacional de Aviação Civil), ou seja, são normas a serem seguidas por toda e qualquer cia.aérea para o caso de um acidente aéreo.

Outra conquista foi a mudança do valor do Seguro RETA (semelhante ao DPVAT) que é pago logo após ao acidente aéreo aos familiares. Esse Seguro era, até 2007, no valor de R$ 14 mil reais e, a partir daquele ano, por iniciativa da Abrapavaa e com o envolvimento do MPF, conseguimos que, a partir de 2009, fosse de R$ 41 mil reais reajustado através do IPCA, que hoje, está em torno de R$ 51 mil reais.

E… uma conquista a destacar, o respeito conquistado diante do meio aeronáutico, das operadoras da aviação e de todos os órgãos responsáveis. Hoje, contam conosco na busca pela melhor segurança de voo, coisa que, até alguns anos atrás, apenas nos viam como “familiares de vítimas sofridos e que tinham como meta, apenas brigar e criar situações de constrangimento” e hoje, somos convidados para palestras, congressos, seminários, etc.

5. Vocês estão enxergando de alguma forma as questões preventivas juntos aos operadores de aeroportos, especialmente frente a Copa do Mundo?

Temos limitações. Na aviação nada é transparente, ou seja, cada órgão responsável tem seus estudos e versões e, as cias aéreas idem, sendo que um agravante é o fato de Anac e Infraero, pouco se comunicarem. Estamos sempre buscando informações de um e de outro para podermos criar o nosso próprio juízo.

Em relação a Copa do Mundo, Infraero, Anac e aéreas, acalmam a todos dizendo que “tudo correrá bem e que não existirão contratempos”. Não concordo diante do que temos visto em relação a infraestrutura e, a preocupação maior da Abrapavaa, a sobrecarga de trabalho extra que será imposto às tripulações uma vez que, com os últimos cortes feitos de aéreas como TAM e Gol, as tripulações já tem trabalhado no limite de sua capacidade.

Ver Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

5 Minutos Entrevista

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em 5 Minutos Entrevista

5’ Minutos Entrevista – Robson Miguel.

5’ Minutos Entrevista – Robson Miguel.

Roberto Mangraviti16 de julho de 2017

EXCLUSIVO – Petrônio Côrrea Filho, responsável pelo lançamento da marca Senna

Roberto Mangraviti1 de maio de 2017

Brasil produzindo azeite de qualidade

Roberto Mangraviti12 de janeiro de 2017

Música Flamenca em São Paulo

Roberto Mangraviti24 de maio de 2016

Bruno Mansini: Reverenciado por Jon Anderson (ex-Yes)

Roberto Mangraviti13 de março de 2016

Entrevista exclusiva com a cantora Manu Santos

Bel Gimenez11 de março de 2016

Mediação na Saúde

Roberto Mangraviti21 de janeiro de 2016

5.a Edição do Benchmarking Jr

Roberto Mangraviti15 de janeiro de 2016

Mesa Radiônica Quântica e nossa mente

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2015

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »