Artigos

Freelancer … uma nova profissão?

Freelancer … uma nova profissão?

Em tempos de home-office, Uber, entregadores de pizza ou “central telefônica” em celulares, o freelenace ou “frila”, deixa de ser uma tarefa esporádica transformando-se em uma atividade que compõe a renda, de quem estuda, ou executa outras tarefas que permite atividades simultâneas.

Segundo estudo do Mackinsey Global Institute, aponta que 20% a 30% do trabalhadores da Europa e EUA, é executado por freelancers.

Há um bom tempo que esta tendência vem se desenvolvendo, especialmente entre os jovens que preferem trabalhos que “aprisione” menos o cidadão, liberando para outras atividades correlatas.

Uma pesquisa do Great Big Survey com40milpessoas em todo mundo, apontou que cerca de 61% dos entrevistados, reconhecem que a vida pessoal é tão importante quanto a profissional, e para tal, o trabalho flexível é fator fundamental nesta nova dinâmica.

Esta tendência, se confirma em outra pesquisa conduzida pela Entrepreseurship and Business Statistics em 41 países,onde 48% dos homens e 36% das mulheres preferem abrir seu próprio negócio a trabalhar para outra pessoa.

Em países onde os mercados são estáveis e portanto não há desemprego, esta escolha ganha  ainda mais  importância, pois coloca certa  a liberdade a frente da rotina do trabalho “corporativo” .

Portanto, o freelancer que antes se mostrava um trabalho esporádico para cobrir uma situação provisória, hoje pode se tornar uma carreira por 3,4 ou 5 anos seguidos na vida de um trabalhador.

Texto: Roberto Mangraviti
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Roberto Roche12 de dezembro de 2017
São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »