Artigos

Gestão de Sustentabilidade- mais do que uma paixão… um compromisso obrigatório.

Gestão de Sustentabilidade- mais do que uma paixão… um compromisso obrigatório.

O que me inspira a escrever estes artigos vem do meu hábito de quando estou ou em longas horas de espera em aeroportos, ter tempo suficiente para a leitura dos relatórios de sustentabilidade, análises de acidentes de trabalho, acidentes ambientais ou repassar a minha experiência na área buscando sempre poder compartilhar com os colegas.

Mas desta vez é diferente, lendo uma pesquisa em um site profissional, em que pediam para definir em quatro linhas para os gestores o que seria a gestão de QSMS-RS (Qualidade,Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social) e Sustentabilidade na indústria na visão de cada um.

Com as mais diversas respostas eu não me contive e tenho que me manifestar, pois foram trágicas e cômicas algumas definições.

Gerenciar a papelada e correr atrás dos funcionários na época de recertificação para treina-los!

Essa foi uma das pérolas, onde mostra no meu entendimento um colega infeliz com o cargo, descrevendo a realidade em que vive no momento!

De pronto me perguntei; será que ele gosta da área ou tem perfil para o cargo?

Estar como diretor ou gestor de QSMS-RS e Sustentabilidade em qualquer organização, realmente não é para quem não tem paixão com a área, não gosta de imprevisibilidades ou de se relacionar com pessoas.

“Perdi a conta de quantas vezes fui despertado no meio da noite por causa de um derrame de óleo, ou acidente grave na planta, ou chegando a casa na folga do rodizio ter que sair de novo, ter que falar com os líderes de comunidades de diversas culturas e costumes, explicar a diretoria o porquê do acidente acontecido.

E continuo gostando.

A necessidade de ter experiência e conhecimento com uma visão ampliada nas áreas em que vai atuar além da Sustentabilidade/ QSMS-RS é crítica para um bom desempenho.

Um bom relacionamento e boa articulação com as partes interessadas são fundamentais para o sucesso da gestão!!!

E esta arte de lidar com as pessoas não se ensina na faculdade, ou você tem o dom ou vai apanhando com o tempo e sempre tentando melhorar.

Iniciei minha vida profissional em chão de fábrica, passando pelos setores de segurança, qualidade, meio ambiente chegando a diretor, equipes de pronto atendimento a acidentes ambientais, passei por grandes universidades e instituições, mas foi só com o tempo que adquiri uma visão da gestão que vai muito além de processos.

Ter o melhor dos relacionamentos com os colaboradores, sendo o líder que ensina, prover suporte aos seus liderados, saber lidar com as partes interessadas devem ser a meta para quem realmente deseja ter sucesso nesta área.

Tive muitos exemplos de pessoas com que trabalhei e de empresas que são os melhores exemplos deste tipo de liderança, sem dúvida aprendi e carrego comigo este espirito no meu dia a dia nunca se esquecendo de valorizar as relações pessoais.

O principal desafio de uma organização é crescer de forma sustentável, as quatro funções básicas da administração: planejar, organizar, dirigir e controlar é utilizado em todas as esferas e partes do processo.

Mas não podemos esquecer-nos de lapidar a todo o momento um excelente relacionamento entre todos e saber lidar com situações que vão muito além dos processos da gestão de Sustentabilidade.

Texto: Roberto Roche
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos

Desenvolvedor de estratégias, nas áreas de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social com pós-doutorado na Aberdeen University (RU), MBA em Harvard (EUA), PhD em UCLA(EUA), MSc/ (EUA) e BSc /UFRJ.

Mais em Artigos

Queimadas 2017

Queimadas 2017

Roberto Mangraviti18 de fevereiro de 2018
Upp's no Rio de Janeiro

As UPP’S do Rio de Janeiro… uma farsa para “ inglês ver”.

Roberto Mangraviti17 de fevereiro de 2018
Energia de gás natural e biomassa

Energia de gás natural e biomassa

Bel Gimenez16 de fevereiro de 2018
Humburger

Alimentos feitos de insetos, uma realidade de mercado.

Roberto Mangraviti14 de fevereiro de 2018
A Mordida da Centopéia

A mordida da centopéia

Karen P Castillioni13 de fevereiro de 2018
Nicolas Maduro

E agora José ?

Roberto Mangraviti12 de fevereiro de 2018
Empório Mata Atlântica

Empório Mata Atlântica com picolés de Uvaia e Juçara.

Bel Gimenez11 de fevereiro de 2018
Plásticos no Mar

Como o plástico está prejudicando recifes de corais?

Karen P Castillioni9 de fevereiro de 2018
O capital

Melhora ou estagnação?

Ricardo Rose8 de fevereiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »