Artigos

Guia prático de cuidados com filhotes – Gatos

Guia prático de cuidados com filhotes – Gatos

Gatos são o pet do futuro. Na Europa e nos Estados Unidos eles já são maioria e algumas pesquisas  mostram que em aproximadamente 15 anos algumas cidades brasileiras terão mais gatos do que cães. Isso acontecerá principalmente pela verticalização das cidades e pela facilidade de manejo dos felinos.

Sem dúvida ter um gato é muito menos trabalhoso e oneroso do que ter um cão. Porém é preciso ter alguns cuidados.

Ao comprar ou adotar um felino filhote a primeira coisa a ser feita é leva-lo ao veterinário para avaliar o score corporal, fazer uma avaliação clínica completa e realizar alguns exames de sangue, incluindo o teste que detecta o vírus da leucemia felina (FELV) e da imunodeficiência felina (FIV). Essas medidas são de extrema importância para evitar a disseminação de algumas doenças e para que o tutor saiba como manejar o novo animal.

Quando o filhote completar 30 dias ele já pode ser desmamado e separado da mãe. O ideal é oferecer papinha de desmame própria para gatos por mais 15 dias e após esse período iniciar a ração seca super premium para filhotes. Aos 30 dias deve-se também iniciar o esquema de vermifugação. São três doses de vermífugo de amplo espectro com intervalo de 15 dias entre cada dose.  A vacinação deve ser iniciada aos 60 dias, são três doses da vacina quádrupla importada com intervalo de 30 dias cada. Após o término deve-se vacinar o animal com a vacina antirábica.

Gatos são muito higiênicos e aprendem muito facilmente a usar a caixa de areia, basta mostra a localização e eles automaticamente a usarão. É muito importante manter a caixa de areia limpa. O comportamento de urinar e/ou defecar fora da bacia sanitária normalmente esta relacionado a falta de higiene da mesma.

Os felinos, diferentemente dose cães, não precisam de muito espaço sendo assim ideais para apartamentos. Porém é necessário telar todas as janelas e sacadas, pois as quedas são um dos acidentes mais comuns com essa espécie, a chamada “síndrome do gato voador”.  Gatos não devem ter acesso a rua de maneira alguma. Deixar seu bichano “passear” pode o expor a acidentes automobilísticos, brigas, envenenamentos e a diversas doenças.

A ração de filhotes deve ser fornecida até um ano de idade. Por volta dos seis meses eles entram no período fértil e por isso é interessante castra-los para evitar o comportamento de demarcação de território, fugas e vocalizações indesejadas. A castração precoce em fêmeas também diminui a probabilidade de surgimento de tumores de mama. Não se deve aplicar injeções e/ou comprimidos contraceptivos, essas drogas aumento muito as chance do surgimento da infecção uterina e do tumor mamário maligno.

As doenças que mais afetam os felinos estão ligadas ao sistema urinário. Assim sendo devemos sempre estimula-los a ingerir água, seja através de fontes ou até abrindo um pouco a torneira da pia. O frasco de água deve ser de inox e estar sempre limpo e com água filtrada.

Não se deixe levar por preconceitos, gatos são animais amorosos e companheiros com a vantagem de ter menor dependência emocional.

Autora: Fernanda Lanzelotti

contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos

Médica Veterinária graduada na Unesp - Botucatu. Pós-Graduada em Acupuntura Veterinária e em clínica médica e cirúrgica de Felinos. Os atendimentos são realizados no cunsultório da Clínica Veterinária Spécialité -Uberlândia -Mg

Mais em Artigos

Lideres

O anacronismo das lideranças

Roberto Mangraviti20 de abril de 2018
Robson Miguel

Robson Miguel em Brasília – Semana do Índio.

Bel Gimenez17 de abril de 2018
Água

Água … uma riqueza desvalorizada no Brasil

Roberto Mangraviti16 de abril de 2018
Japão trabalha para abrigar humanos na Luaem 2030

Brasil … qual o perfil da sua gente ?

Roberto Mangraviti14 de abril de 2018
The Body Shop - Testes em animais

Assinaturas para fim de testes em animais

Roberto Mangraviti13 de abril de 2018
Localoza

Negócio “limpo” – caminho da Localiza no Brasil com solar.

Roberto Mangraviti12 de abril de 2018

Bactérias e a formação do oxigênio na Terra Primitiva

Cristian Reis Westphal11 de abril de 2018
Eficiência Energética

Novas maneiras de incentivar a eficiência energética

Ricardo Rose7 de abril de 2018
Roberto

ABC Repórter destaca o nosso Portal

Bel Gimenez6 de abril de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »