Artigos

Imagem revela buracos negros no Universo primitivo

Imagem revela buracos negros no Universo primitivo

A imagem acima não é uma tentativa um pouco grosseira de um quebra cabeça para conectar pontos. Se trata na verdade uma imagem do universo primitivo – contendo buracos negros supermassivos e galáxias do início do nosso Universo.

A surpreendente imagem foi captada pelo Observatório Chandra de raios-X da NASA, que observou a mesma porção do céu por 11 semanas e meia. É a imagem de raio-x mais profunda do universo já registrada.

A pesquisa foi conduzida pela Universidade Estadual da Pensilvânia e foi apresentada esta semana na 229ª reunião da American Astronomical Society no Texas. Um artigo que detalha as descobertas foi publicado no Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

Cada ponto é uma grande fonte cósmica de raios X de até 13 bilhões de anos-luz de distância, seja uma galáxia ou um buraco negro supermassivo. Os cientistas esperam usar os dados para examinar o universo primitivo, estudando os buracos negros crescendo a apenas um ou dois bilhões de anos após o Big Bang em uma crescente velocidade, ao invés de lentamente reunir matéria.

A imagem inteira faz parte do Chandra Deep Field-South, uma seção do céu desprovida de nuvens de gás da nossa galáxia, permitindo aos astrônomos uma visão desobstruída para o universo distante.

A razão pela qual os buracos negros brilham tanto no raios X, é porque eles aquecem o gás caindo em direção ao horizonte de eventos, o ponto em que nada – nem mesmo a luz – pode escapar da atração da singularidade no centro do buraco negro.

Texto: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »