Artigos

Isopor utilizado na marmita de detentos é reciclado em Curitiba

Isopor utilizado na marmita de detentos é reciclado em Curitiba

Todos os dias cerca de 14 mil peças de isopor das marmitas de almoço e jantar de alguns dos detentos de Pinhais e Piraquara são enviadas para reciclagem. A atividade faz parte de um convênio entre a Risotolândia Serviços Inteligentes de Alimentação (empresa responsável por fornecer alimentação para alguns presídios do estado) e o DEPEN para utilização da mão de obra dos apenados.

Após cada almoço e jantar, os próprios detentos recolhem as marmitas, separam os resíduos, higienizam os materiais e embalam as peças de EPS (poliestireno expandido) para coleta. Segundo Catiane Zelak Abreu, gerente operacional da Risotolândia São José dos Pinhais (onde a alimentação dos presos é produzida), o projeto tem o apoio de dois fornecedores: um que busca as marmitas e outro que recicla. “As embalagens passam por um processo de extrusão e são transformadas em subprodutos para venda a indústria de copos, cabides, sancas, molduras, etc. Além de dar um destino correto aos materiais e contribuir com a sustentabilidade, os detentos que atuam no projeto recebem 75% de um salário mínimo nacional”, explica a gerente.

As 14 mil embalagens, segundo a Risotolândia, representam de 2 a 3 toneladas de material reciclado todos os meses. Para quem não sabe, o EPS é um plástico que pode ser 100% reaproveitado para reciclagem, sob três maneiras: reciclagem mecânica – que transforma o produto em matéria prima à fabricação de novos produtos; reciclagem energética – que usa o isopor à recuperação de energia em função do seu alto poder calorífico e reciclagem química – que reutiliza o plástico para a fabricação de óleos e gases. Segundo pesquisa realizada pela Meiwa – empresa paulista de embalagens, apenas 7% da população sabe que o isopor é um material reciclável.

Texto: Roberto Mangraviti

Fonte: Risotolândia

contato@sustentahabilidade.com

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Logística Reversa

10 Pontos – Logística Reversa

Convidado19 de maio de 2019
Veganos

Beleza Pura Store lidera mercado vegano no Brasil.

Roberto Mangraviti18 de maio de 2019
USB CAMPO GRANDE

UBS Campo Grande/São Paulo

Bel Gimenez17 de maio de 2019
Febre Amarela

Febre Amarela

Dr Leo Kahn16 de maio de 2019
Resíduos orgânicos gerando biogás em restaurante

Resíduos orgânicos gerando biogás em restaurante

Bel Gimenez15 de maio de 2019
Bett Educar

Bett Educar – em São Paulo

Roberto Mangraviti14 de maio de 2019
Hambúrguer vegano com “cara” de carne .

Hambúrguer vegano com “cara” de carne.

Roberto Mangraviti11 de maio de 2019
Governança Digital

Governança digital

Bel Gimenez9 de maio de 2019
Descoberto recife de corais na ilha Queimada Grande

Descoberto recife de corais na ilha Queimada Grande

Ricardo Rose8 de maio de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »