Artigos

Mineiros encontram pedra maciça de jade de 170.000.000 de dólares

Mineiros encontram pedra maciça de jade de 170.000.000 de dólares

Um enorme pedaço de jade foi descoberto em Burma, país do sudeste asiático, também conhecido como Myanmar.

A descoberta foi feita em uma mina remota no Estado de Kachin, no norte do país. Ele mede 5,8 metros de comprimento e pesa em torno de 175 toneladas, segundo site da  BBC. Se estipula que a pedra de Jade possa estar no valor de $ 170 milhões de dólares.

A pedra será levada para a China, onde será esculpida em jóias e esculturas.

O termo jade pode se referir a dois tipos diferentes de rochas metamórficas: a jadeite e a nefrite. Se acredita que o achado se trata de uma rocha jadeite. Os dois tipos são semelhantes em aparência e utilizados para fins ornamentais, mas também compõem uma estrutura física e química diferente, sendo o Jadeíte mais valioso dos dois. É extremamente difícil dizer a diferença apenas por inspeção visual.

Cerca de 70% de jadeite de alta qualidade do planeta se encontra em Mianmar e representa cerca da metade do seu produto interno bruto. Infelizmente,  o comércio multi bilionário é envolto em corrupção do governo, crime, e a destruição ambiental.

Texto: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

 

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Risco Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos

Roberto Roche12 de dezembro de 2017
São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »