Artigos

O impacto das hidrelétricas na Biodiversidade

O impacto das hidrelétricas na Biodiversidade

Como uma forma de gerar energia em partes remotas do mundo, as hidrelétricas estão sendo propostas e construídas a um ritmo vertiginoso. Para se ter uma noção, dentro das 3 maiores bacias hidrográficas do mundo – a Amazônia, Congo, e Mekong – há 450 barragens, sejam em estado de construção ou em projeto. Mas, longe da fonte de energia renovável e barata, um novo estudo detalhou a forma como estes projetos superestimam os benefícios econômicos, enquanto subestimando os impactos de longo prazo sobre a biodiversidade e as comunidades locais.

“Mesmo quando as avaliações sobre os impactos ambientais estejam sendo ignoradas, milhões de dólares podem ser gastos em estudos que não têm nenhuma influência real sobre os parâmetros dos projeto, às vezes, explica Leandro Castello, que foi co-autor do estudo publicado na Science. “A falta de transparência durante a aprovação da barragem levanta dúvidas sobre se os financiadores e público, deixando a desejar se as empresas estão conscientes dos riscos e impactos sobre milhões de pessoas”.

Mapas

Um mapa das três bacias hidrográficas que mostram a extensão das barragens atuais, e que estão sendo planejadas, junto com o número de espécies que vivem em cada região. Winemiller. 2015

Com as três maiores bacias hidrográficas do planeta sendo o lar de um terço de todas as espécies de peixes de água doce, as regiões são extremamente importantes como a pesca e a subsistência para as pessoas que dela dependem. Apesar da importância destas espécies de peixes, muitos dos quais migram, pouco é feito para tentar atenuar esse problema.

Os pesquisadores afirmam que há uma gama de evidências que sugerem que os sistemas criados para facilitar a migração dos peixes pelas barragens, agem de forma ineficaz, e acaba sendo prejudicial para as populações de peixes. De fato, muitos reservatórios formados pelas barragens não são estocados com peixes altamente valorizados, mas são dominados por espécies de baixo valor.

Boto

Os pesquisadores argumentam que é necessário que haja maior transparência nos processos de aprovação de grandes projetos hidrelétricos nas bacias hidrográficas tropicais. Não só isso, mas os impactos em larga escala da construção das barragens, especialmente o efeito cumulativo de construir mais e mais no mesmo sistema do rio, também precisando ser levadas em conta, juntamente com os verdadeiros custos econômicos e financeiros.

Autor: Cristian Reis Westphal

contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

Varejo

Varejo crescerá 1,4% em 2017.

Roberto Mangraviti21 de outubro de 2017
Boni

Boni-65 anos de brilhante trajetória televisiva

Fabio Rejaili Siqueira20 de outubro de 2017
Riso

A origem do riso

Convidado18 de outubro de 2017
acidente ambiental

Complacência MATA!

Roberto Roche17 de outubro de 2017

Desperdício “Zero” … cultura Mottainai do Japão.

Tiemi Yamashita13 de outubro de 2017

O quão grande pode se tornar um tsunami?

Cristian Reis Westphal12 de outubro de 2017
Meio Ambiente

A Importância da Conformidade Ambiental da Indústria

Roberto Roche10 de outubro de 2017
Cerrado

Cerrado e agricultura

Ricardo Rose6 de outubro de 2017
QSMS-RS sustentabilidade

O que a indústria espera do seu Gestor de Sustentabilidade

Roberto Roche5 de outubro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »