Artigos

O momento de respeitar o ser humano e o cidadão.

O momento de respeitar o ser humano e o cidadão.

A doença de Marisa Letícia e seu passamento, deve servir de reflexão, para que a sociedade saiba separar e medir comentários, especialmente nas redes sociais.

É natural que as pessoas quando olhavam a “cidadã” Marisa Letícia, tenham tido  emoções  negativas, pelos motivos que são de conhecimento público.

Contudo, importante destacar, que a “pessoa” que se encontrava hospitalizada, não era a “cidadã”, mas o “ser humano Marisa Letícia”, e sendo assim, comentários do tipo, “ procure hospital do SUS” , eram absolutamente improcedentes e totalmente inapropriados.

Até porque  tendo cometido qualquer crime ou não (afinal nada encontra-se julgado e transitado), existem parentes e pessoas amigas que estão sofrendo com o episódio, e portanto nada tendo a ver, com um eventual crime, são atingidas, indevidamente.

A mesma linha de raciocínio deve ser utilizada para os facínoras e prisioneiros amontoados em presídios.

Estas “figuras” são cidadãos que a sociedade, com justa motivação, deve execrar.

Contudo, sobre a ótica do “ser humano”, por mais abjeto que estes cidadãos o são ( e são mesmo), merecem o “minimum minimorum” dos conterrâneos humanos … e os presídios não  oferecem esta alternativa.

Portanto, desenvolver um conceito de uma sociedade mais justa, olhando para o “cidadão”,mostra-se um equívoco estratégico de escolha, pois sociedade é composta de cidadãos.

Olhar para futuro, significa desenvolver o ser humano, que está acima de qualquer suspeita, e entender a diferença entre um e outro é fundamental.

E para tal, conter os comentários infelizes nas redes sociais, é o primeiro passo obrigatório … e que o passamento de  Marisa Letícia, sirva de aprendizado para isto.

Foto: Roberto Stuckert Filho

Texto: Roberto Mangraviti
contato@sustentahabilidade.com

 

(*) Cidadania : Do latim civitas, que significa “conjunto de direitos atribuídos ao cidadão” ou “cidade”. Dalmo Dalari assim define cidadania “ expressa um conjunto de direitos que dá a pessoa uma possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo”. O  termo latino civitas, por sua vez, teria evoluído a partir da palavra civis, nome dado para todos os homens que moravam nas cidades.

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »