Artigos

O Significado das Frases …. e das Empresas !

O Significado das Frases …. e das Empresas !

O site Estadão , destacou a seguinte frase : “Pela primeira vez em três anos, o gasto da Samsung com marketing supera inovação “ . O título da matéria diz tudo, em uma única frase, sobre o caráter de uma empresa. É uma fotografia absolutamente nítida sobre a missão que a norteia : desenvolver tecnologia com qualidade, pois a empresa vem direcionando, habitualmente, recursos para inovação, em detrimento do marketing (sacrificando vendas). Esta “decisão” da Empresa é uma escolha voluntária que deixa absolutamente claro seus princípios, proporcionando aos leitores, clientes e stakeholders enxergar e perceber alguns destes princípios inseridos no seu DNA e praticados no seu dia a dia, que certamente são :
1.) “A Empresa não se arriscará a vender aquilo que não tenha sido devidamente testado.” Apesar de ser um tanto quanto obvio, é claro que somente podemos nos arriscar a vender aquilo que fazemos bem. Contudo vale destacar que este princípio, apesar de óbvio, nem sempre é muito considerado por todas as empresas.
2) “ A Empresa procura jogar limpo com seus Clientes”. Esta conclusão se desprende do princípio anterior, pois se a empresa testa adequadamente o que produz, o cliente não levará “gato por lebre” .
3.) “ A Empresa trabalha de forma Planejada”. Não há desvios de rota, pois quem testa adequadamente o que faz, trabalha de forma organizada, testando e avaliando todo o processo ANTES de vender. Dessa forma, evita-se ter que “trocar o pneu com o carro em movimento” .
4.) “ A Empresa é comprometida com a Qualidade”. Se há cuidados com o processo de desenvolvimento de produtos, naturalmente que estão comprometidos com a Qualidade.
5) “ A Empresa é comprometida com a Inovação”. Conclui-se que além da qualidade intrínseca, o produto deve apresentar-se com um ou mais atributos diferenciais, que o qualifica como inovador, ou seja, não se pretende produzir ou fazer o que todo mundo já faz, ou ser somente mais um no mercado. A empresa busca ser diferente das demais.
6.) “ A Empresa respeita seus parceiros comerciais e exige reciprocidade”. Quem pratica inovação,
o faz por inteiro, pois não é possível ser ½ inovador, como não há ½ gravidez. Dessa forma não há assuntos mal combinados, nem relaxamento nos acordos comerciais, assim prazos e acordos devem ser rigorosamente respeitados.
7.) “ A Empresa valoriza seus funcionários e os enxerga como um Capital Social “ . Como também não há ½ olhar inovador, a empresa costuma olhar TUDO a sua volta de forma diferente. Isto engloba também seus funcionários, gerando uma natural política de flexibilidade, meritocracia e comprometimento das equipes.
Assim sendo, uma única frase ( “… gastos com marketing supera inovação “ ) , mostrou o DNA da Empresa, onde se desprende todas estas conclusões.
Como vemos, frases, podem contar a história de uma empresa. Nada mais adequado, portanto, utilizar as de Peter Drucker para ratificar estes conceitos : “Uma organização que visa o lucro é, não apenas falsa, mas também irrelevante. O lucro não é a causa da empresa, mas sua validação. Se quisermos saber o que é uma empresa, devemos partir de sua finalidade, que será encontrada fora da própria empresa. Essa finalidade é: CRIAR UM CLIENTE

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Varejo

Varejo crescerá 1,4% em 2017.

Roberto Mangraviti21 de outubro de 2017
Boni

Boni-65 anos de brilhante trajetória televisiva

Fabio Rejaili Siqueira20 de outubro de 2017
Riso

A origem do riso

Convidado18 de outubro de 2017
acidente ambiental

Complacência MATA!

Roberto Roche17 de outubro de 2017

Desperdício “Zero” … cultura Mottainai do Japão.

Tiemi Yamashita13 de outubro de 2017

O quão grande pode se tornar um tsunami?

Cristian Reis Westphal12 de outubro de 2017
Meio Ambiente

A Importância da Conformidade Ambiental da Indústria

Roberto Roche10 de outubro de 2017
Cerrado

Cerrado e agricultura

Ricardo Rose6 de outubro de 2017
QSMS-RS sustentabilidade

O que a indústria espera do seu Gestor de Sustentabilidade

Roberto Roche5 de outubro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »