Artigos

O voluntariado desenvolvendo Empresas.

O voluntariado desenvolvendo Empresas.

Os adventos da televisão no século XX, e mais recentemente da internet, colocaram o consumidor frente a frente com incontáveis ações de responsabilidade social corporativa.

No campo acadêmico, o renomado Philip Kotler, sugere e exemplifica ações empresariais, descritas em seu livro “Good Works”.

Mas os registros históricos, mostram os apóstolos de Cristo, buscando  apoio financeiro nos políticos da época, para fundação de grupos religiosos para a pratica da caridade no atendimento a doentes e famintos.

O simplório pescador Pedro e o Doutor da Lei Judaica Saulo,  não conheciam ONG’s, e buscaram suprir de forma organizada, uma fatia da sociedade desatendida tanto pelo Estado, quanto pelos comerciantes daquela época.

Provavelmente fundaram o primeiro modelo de ONG que se tem notícia, preenchendo a lacuna entre os dois tradicionais modelos de organização, “inventando” o Terceiro Setor.

Utilizaram com eficiência uma “mão de obra barata”, hoje chamada de voluntariado, ainda pouco utilizada no Brasil, quando comparada com os EUA.

Sendo um movimento centrado em  pessoas espontâneas,  interliga departamentos pouco afins, podendo levar a transformação da cultura da empresa.

Geralmente estas ações, no início, pouco ou nada tem a ver com a empresa onde funcionários estão lotados, mas contribuem através do exemplo solidário, na redução do “canibalismo” por cargos e ascensão,  incrementando as relações interdepartamentais  a  ponto de algumas empresas encamparem estas ações que eram praticadas pelos funcionários, fora do expediente .

Assim poder-se-á contribuir com o desenvolvimento do DNA da Empresa, gerar eficiência e até contribuir com a reputação da marca.

Texto: Roberto Mangraviti
contato@sustentahabilidade.com

 

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Cães podem ser geneticamente programados para amar seres humanos

Cristian Reis Westphal22 de março de 2019
Dislexia

Dislexia

Dr Leo Kahn21 de março de 2019
Humanos e Animais

Famílias Multiespécies

Fernanda Lanzelotti20 de março de 2019
Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti19 de março de 2019
Herpes Zoster

Herpes zoster

Dr Leo Kahn16 de março de 2019

Evidências mostram origem de vida humana no Sul da Austrália

Cristian Reis Westphal14 de março de 2019

Mata Ciliar: os cílios das águas

Laís Nunes13 de março de 2019
Imprensa

No país das declarações

Ricardo Rose12 de março de 2019
Guedes ... um país de extrativistas falando muita merda.

Guedes … um país de extrativistas falando muita merda.

Roberto Mangraviti12 de março de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »