Artigos

Parklets em São Paulo

Parklets em São Paulo

 

Parklets são áreas reservadas ao longo das guias do calçamento público (onde  estaciona-se automóveis) que passam por uma adequação urbana, transformando-se em  mini praças. Desta forma, os parklets reduzem  as vagas disponíveis para estacionar automóveis, aumentando-se as áreas  para pedestres e o lazer. Desenvolvido na cidade de São Francisco (EUA) em 2010, a Prefeitura de São Paulo abriu uma concorrência pública para a instalação de 32 dessas unidades. Nas regras definidas pela Prefeitura, os parklets não poderão  reduzir em mais de 50%  as áreas de zona azul disponíveis na rua em que for instalado. Essas novas minipraças somente serão instaladas em ruas secundárias, segundo estudo da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do município. O objetivo do projeto, é transformar  a aparência urbana da metrópole, criando “ilhas verdes” que contenham bicicletário,  bancos,  mesas e até pontos de energia para recarga de celulares, cabendo a responsabilidade da manutenção  pelos estabelecimentos comerciais da região. Contudo o dilema já estabelecido, é como qualificar o que venha a ser  uma “rua secundária”  numa cidade com 6 milhões de automóveis onde não há espaço para circular ou estacionar esses veículos. Naturalmente que a instalação do parklet é estrategicamente essencial para reduzir o número de veículos em circulação, e gerar uma nova cultura urbanística e de mobilidade na cidade. Contudo esta proposta deveria obrigar a Prefeitura a disponibilizar alternativas de transporte público qualificado simultaneamente,  estimulando  o motorista a não utilizar o próprio veículo, pois diminuir vagas para automóveis representará um compromisso adicional qualitativo para este  usuário.  Se assim for, a instalação dos parklets atenderá a  todos os cidadãos, proprietários ou não de automóveis.

 

Foto: http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/28893-parklets-em-sp
Parklet localizado na rua Isabel de Castela, 529, em Pinheiros (zona oeste de SP)

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »