Artigos

Petz lança e-commerce com reconhecimento facial para cachorros

Petz lança e-commerce com reconhecimento facial para cachorros

A Petz lança o primeiro Pet-Commerce com tecnologias de reconhecimento facial e inteligência artificial para cachorros escolherem seus próprios petiscos e brinquedos.

É o cachorro quem interage com a ferramenta. Ele só tem de ficar perto da câmera do computador, do tablet ou do celular. A câmera, através da tecnologia de inteligência artificial, capta a imagem da face e a reação do animal enquanto brinquedos, bolinhas e ossinhos são mostrados em vídeos. É pela reação do cachorro que o sistema identifica se ele gostou ou não do que foi apresentado, estabelecendo o nível de interesse de compra dos produtos, representado por um gráfico de ossinhos.

O projeto foi criado pela Ogilvy Brasil e desenvolvido pelas empresas D2G Tecnologia e Hogarth.“Quando a Ogilvy nos trouxe essa ideia achamos incrível porque tem tudo a ver com o que a Petz acredita. A ligação entre o tutor e seu cão acontece de diversas formas. Entendemos quem faz festa de aniversário para o animal de estimação, quem conversa com ele. O amor por um pet não tem limites e o Pet-Commerce é prova disso!”, comenta Sergio Zimerman, presidente da Petz.

Milhares de fotos de cachorros foram testadas no sistema de inteligência artificial para execução do projeto. “Escolhemos dezenas de raças e também animais sem raça definida. O olhar, as orelhas apontando em direção à câmera, um animal sem medo e sem desconfiança, que não recue ao ver o site, sinalizam que o cão gostou da brincadeira e se interessou pelo produto mostrado”, explica Leonardo Ogata, adestrador e profissional que auxiliou no treinamento da inteligência artificial.

Navegação

Para construir a melhor experiência de navegação possível para os cachorros, foi desenvolvido o primeiro UX para usuários caninos. Vários aspectos foram considerados, entre eles, e o mais importante, a visão dos cachorros. Diferente dos humanos, eles enxergam numa escala de amarelos e azuis. Além disso, não prestam atenção em imagens estáticas. Por isso, todos os produtos do Pet-Commerce são apresentados em vídeos e na paleta de amarelos e azuis. O áudio também foi ajustado para percepção do som.

Entrando no site, o consumidor encontra o tutorial sobre o que fazer para que seu cachorro “tenha voz” na hora das compras. É importante, por exemplo, que o som do computador esteja ligado porque a audição dos cães é um sentido bastante sensível. “É indispensável que o cachorro esteja bem e brincando. Não há necessidade de pegá-lo no colo ou segurar a cabeça, o que pode até causar irritação. Basta colocar a câmera bem de frente para que o equipamento possa captar as reações do pet da melhor forma possível”, orienta o adestrador.

Quando a reação captada é positiva, o produto vai para uma pré-seleção no carrinho. A compra, entretanto, só é efetuada depois da decisão do tutor, que deve preencher todos os dados. “Como Pet-Commerce ainda conseguimos estimular as vendas online e trazer novos clientes para a Petz”, destaca Zimerman. O presidente da Petz lembra que o Pet-Commerce é exclusivo para cães, por enquanto.

Fonte: New Trade

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Logística Reversa

10 Pontos – Logística Reversa

Convidado19 de maio de 2019
Veganos

Beleza Pura Store lidera mercado vegano no Brasil.

Roberto Mangraviti18 de maio de 2019
USB CAMPO GRANDE

UBS Campo Grande/São Paulo

Bel Gimenez17 de maio de 2019
Febre Amarela

Febre Amarela

Dr Leo Kahn16 de maio de 2019
Resíduos orgânicos gerando biogás em restaurante

Resíduos orgânicos gerando biogás em restaurante

Bel Gimenez15 de maio de 2019
Bett Educar

Bett Educar – em São Paulo

Roberto Mangraviti14 de maio de 2019
Hambúrguer vegano com “cara” de carne .

Hambúrguer vegano com “cara” de carne.

Roberto Mangraviti11 de maio de 2019
Governança Digital

Governança digital

Bel Gimenez9 de maio de 2019
Descoberto recife de corais na ilha Queimada Grande

Descoberto recife de corais na ilha Queimada Grande

Ricardo Rose8 de maio de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »