Artigos

Polônia testa ciclovia luminescente

Polônia testa ciclovia luminescente

As ciclovias iluminadas não só ajudam a tornar seu trajeto frio e sombrio de inverno durante a noite um pouco mais agradável, mas também podem ajudar a reduzir o uso de eletricidade e reduzir a poluição luminosa.
Esta ideia está sendo testada atualmente na pequena cidade de Lidzbark Warmiński, no norte da Polônia. A ideia partiu da empresa TPA Instytut Badan Technicznych, que é especializada no desenvolvimento de materiais de estrada.

As vias foram criadas usando milhares de minúsculos “luminóforos”. O material sintético pode emitir um baixo nível de luz durante 10 horas e, em seguida, “recarregar” em si durante o dia puramente a partir da luz solar, de acordo com o site de notícias Polish Wyborcza.

Isso significa que a luz é totalmente auto-suficiente e não requer nenhuma eletricidade, para que ele não apenas tenha uma boa aparência, mas que ao mesmo tempo seja um bom recurso para o planeta, podendo substituir as luzes de rua convencionais.

Esta não é a primeira empresa a brincar com a ideia de aproveitar luminescência para iluminar cidades. Glowee, uma empresa startup sediada na França, tem desenvolvido uma luz alimentada por bactérias bioluminescentes para iluminar espaços públicos e edifícios.

Texto: Cristian Reis Westphal
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Estudante de Engenharia Química. Lidera há 7 anos o projeto Ciência e Astronomia, que compartilha informações nas áreas da ciência e astronomia. Trabalha com divulgação científica em escolas e disponibiliza telescópios para observações em praças.

Mais em Artigos

São Paulo

Cidade de São Paulo – TODOS são “fumantes”.

Roberto Mangraviti9 de dezembro de 2017
Leite e Qualidade

Leite: qualidade, processamento e as nomenclaturas comerciais.

Convidado8 de dezembro de 2017
Pré-História

Homem … 45 mil anos de impacto ambiental

Ricardo Rose7 de dezembro de 2017
Gestão Ambiental

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche5 de dezembro de 2017
equipes

Equipes de Crise Corporativa

Roberto Mangraviti2 de dezembro de 2017
Energia Aeólica

A Cidade de Saerbeck planejou e realizou o futuro.

Roberto Mangraviti1 de dezembro de 2017
Demitir Clientes

Momento(s) de “demitir” um cliente !

Roberto Mangraviti30 de novembro de 2017

A revolução das impressoras 3D: Impressão de pontes de aço

Cristian Reis Westphal29 de novembro de 2017
Gestão Hospitalar

A moderna gestão hospitalar e a questão ambiental.

Roberto Roche27 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »