Artigos

Prevenção das drogas nas escolas

Prevenção das drogas nas escolas

O consumo de drogas cresce consideravelmente a cada dia, pois ela não escolhe religião ou nível social; estando presente em todos os lugares, inclusive nas escolas. E nesse caso comprometendo de forma muito perigosa o futuro de uma nação.

Portanto há uma importância fundamental em debater tal assunto e este texto, vem com o intuito de contribuir neste sentido, trazendo elementos de reflexão sobre o que está se fazendo com o assunto “drogas” nas escolas, e como podemos auxiliar nossas crianças e adolescentes na sua formação.

Há que se destacar, que a prevenção é o caminho necessário para se diminuir o uso/consumo de drogas. Quando mais cedo este trabalho de prevenção se iniciar nas escolas, maiores são as chances de adquirimos um melhor resultado.

A implantação de atividades educativas criativas e prazerosas com abordagens nas drogas lícitas e ilícitas desde a idade infantil nas escolas é muito importante, pois, esta criança quando se tornar adolescente terá um conhecimento maior sobre o assunto.

É muito importante que este trabalho de prevenção não fique somente dentro das salas de aula, mas sim em conjunto com as famílias e a sociedade, visto que é um problema social.

Em algumas escolas, o tema prevenção às drogas não são abordados por profissionais da educação, diretores ou coordenadores, mas por convidados, como a polícia militar, que luta nas ruas no combate ao tráfico, conhecendo esta realidade em suas entranhas.

Para produzir resultados , a prevenção precisa fazer parte do cotidiano, ser intensiva, precoce e duradoura, gerando alternativas para envolver pais e comunidade em suas atividades.

O programa ideal é aquele que é desenvolvido durante toda a escolaridade dos alunos.

Para tal, o educador teria que ser capacitado para identificar ou mesmo sinalizar o que ocorre, ou o que está acontecendo naquele momento na vida do aluno, ou mesmo, pensando na diversidade de situações em que se deve lidar com o aluno, desde uma compreensão de implicações constitutivas do adolescente, até a exata medida entre dar carinho e exercer a autoridade de maneira eficaz.

Especificamente no trabalho de prevenção quanto ao uso de drogas lícitas (álcool, tabaco) é fundamental também oferecer informações sobre consequências adversas quanto ao uso dessas substâncias.

E não podemos nos esquecer de que é muito comum aparecerem os mecanismos de defesa, para justificar o consumo e da sua “aceitação” social, como por exemplo, a manipulação e a sedução, e os profissionais (professores, coordenadores e outros) que tem contato direto com os alunos, devem ficar atentos sobre a forma adequada de abordagem do tema.

Finalizando, o sucesso no combate ao consumo de drogas, lícitas ou não, está fortemente amparado no planejamento, que se for correto e seguido, reverte ou reduz fatores de risco, pois a drogadição na vida dos jovens, os leva a uma alienação, desconhecimento de seus direitos e destruição de anseios da conquista da cidadania.

Texto: Raquel Arantes e Nancy Peres

dependenciaquimica@sustentahabilidade.com ou
contato@sustentahabilidade.com

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos

Mais em Artigos

Queimadas 2017

Queimadas 2017

Roberto Mangraviti18 de fevereiro de 2018
Upp's no Rio de Janeiro

As UPP’S do Rio de Janeiro… uma farsa para “ inglês ver”.

Roberto Mangraviti17 de fevereiro de 2018
Energia de gás natural e biomassa

Energia de gás natural e biomassa

Bel Gimenez16 de fevereiro de 2018
Humburger

Alimentos feitos de insetos, uma realidade de mercado.

Roberto Mangraviti14 de fevereiro de 2018
A Mordida da Centopéia

A mordida da centopéia

Karen P Castillioni13 de fevereiro de 2018
Nicolas Maduro

E agora José ?

Roberto Mangraviti12 de fevereiro de 2018
Empório Mata Atlântica

Empório Mata Atlântica com picolés de Uvaia e Juçara.

Bel Gimenez11 de fevereiro de 2018
Plásticos no Mar

Como o plástico está prejudicando recifes de corais?

Karen P Castillioni9 de fevereiro de 2018
O capital

Melhora ou estagnação?

Ricardo Rose8 de fevereiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »