Artigos

Reduzir, Reutilizar e Reciclar – 3 Rs da Sustentabilidade

Reduzir, Reutilizar e Reciclar – 3 Rs da Sustentabilidade

Os 3 Rs da sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) são ações práticas que visam minimizar o desperdício de materiais e produtos, além de poupar a natureza da extração inesgotável de recursos. Adotando estas práticas, é possível diminuir o custo de vida reduzindo gastos, além de favorecer o desenvolvimento sustentável.

3rs

Reduzir
Reduzir consiste em ações que visem à diminuição da geração de resíduos, seja por meio da minimização na fonte ou por meio da redução do desperdício. Na redução, o objetivo é comprar bens e serviços de acordo com nossas necessidades para evitar desperdícios, adotando um consumo não apenas com consciência ambiental, mas também econômico. Exemplos de atitudes que visam à redução do desperdício são: uso racional da água, economia de energia elétrica e de combustíveis.

Reutilizar
Quando um produto é reutilizado, este é reaproveitado na mesma função ou em diversas outras possibilidades de uso. Assim, papéis, por exemplo, podem ser utilizados em blocos de rascunho ou garrafas podem se tornar objetos de decoração.
Jogamos muitas coisas no lixo que poderiam ser reutilizadas para outros fins. Além disso, vale lembrar que a doação também pode ser uma boa alternativa, pois outra pessoa que necessita pode utilizar aquele objetivo que para você não tem mais utilidade.

Reciclar
A reciclagem envolve o processamento de um material com sua transformação física ou química, seja para sua reutilização sob a forma original ou como matéria-prima para produção de novos materiais com finalidades diversas. Por exemplo, pneus antigos podem se tornar componentes para asfalto ou latas de alumínio podem ser fundidas para darem origem a novas latas.

Como preparar os resíduos para reciclagem?

Em muitos bairros e condomínios há a coleta seletiva de resíduos sólidos. Mas para descartar seu lixo de forma correta, primeiro saiba se é reciclável ou não, veja as dicas abaixo.

Reciclagem

 

Se no seu bairro não há coleta seletiva de lixo reciclável, você pode procurar por pontos de coleta no site da prefeitura de sua cidade ou no site da Recicloteca (http://www.recicloteca.org.br/pontos-de-reciclagem/).

Outra dica importante para quem não sabe onde descartar materiais como computadores e outros aparelhos eletrônicos, baterias, chuveiros, móveis de madeiras, recomenda-se o Portal eCycle (http://www.ecycle.com.br/postos/reciclagem.php) para que se busque por postos independentes próximos à sua residência.

Para contribuir com a coleta seletiva é preciso tomar alguns cuidados na hora de separar o lixo a fim de não causar grandes danos ambientais ou inviabilizar o aproveitamento dos resíduos. Separe os resíduos em duas categorias: resíduos secos (latas, papel, plástico e vidro) e úmidos ou orgânicos (restos de comida). Essa técnica que pode ser feita em casa e facilita o trabalho dos gestores de resíduos. Sempre que possível dobre ou reduza o tamanho das embalagens para diminuir o espaço que ela ocupa. No caso dos restos de alimento que causam mau cheiro, eles precisam ser depositados no lixo comum, pois atraem insetos e criam bactérias que podem causar doenças. Mas lembre-se que o lixo orgânico pode ainda ser reaproveitado como adubo (Saiba como em:

http://sustentahabilidade.com/lixo-organico-e-compostagem-uma-combinacao-ideal/)

É importante ressaltar que, muitas vezes as cooperativas ou usinas de triagem armazenam os materiais a serem reciclados por um longo tempo, com a finalidade de conseguir a quantidade necessária em toneladas para vender. Com isso, a presença de restos de comida ou gordura nas embalagens atraem ratos e baratas que podem transmitir doenças, por isso, os materiais devem ser lavados em casa antes de serem enviados para a reciclagem.

barata

Ao preparar seu lixo para reciclagem, são recomendadas algumas ações para que se evite o desperdício de água:
– Retire os restos de produtos e alimentos das embalagens e então enxague com um pouco de água.
– Coloque as embalagens para secar e, assim que estiverem secas, armazene-as até que chegue o dia da coleta seletiva passar na sua casa.

Fontes:
www.ecycle.com.br
www.ib.usp.br
www.dgi.unifesp.br/ecounifesp

Figuras:
www.tilhecs.tumblr.com
www.ib.usp.br

 

Autora: Karen P Castillioni
contato@sustentahabilidade.com

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Bióloga com Mestrado em Botânica pela UNESP.Desenvolvedora de estudos ligados à ecologia, conservação, sustentabilidade e impactos das alterações climáticas.

Mais em Artigos

Motivação

Teoria da Motivação de McClelland(2)

Roberto Mangraviti17 de novembro de 2017
Infraestrutura

Infraestrutura no Brasil – Concessionárias as únicas com bons resultados( Parte 3)

Roberto Mangraviti16 de novembro de 2017
Gestão Ambiental Portuária

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche14 de novembro de 2017

Motivação na ótica de Maslow

Roberto Mangraviti13 de novembro de 2017
Adam Smith

Lições para o Brasil – Adam Smith

Roberto Mangraviti12 de novembro de 2017
Animal Pré-histórico

Animais que “deram as caras” depois da extinção dos dinossauros

Karen P Castillioni11 de novembro de 2017
quando o medicamento vira droga

Quando o analgésico mata

Dependência Química9 de novembro de 2017

Infraestrutura – Brasil no descompasso internacional (2)

Roberto Mangraviti8 de novembro de 2017
Políticos Ranking

Dica de Hoje: site faz “Ranking” de políticos.

Roberto Mangraviti7 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »