Artigos

Uma bailarina cega que olha para as estrelas.

Uma bailarina cega que olha para as estrelas.

Uma menina que tira a cegueira de letra, fazendo maior sucesso como bailarina, aluna, filha exemplar … assim é Poliana de Abreu Brito, ou como a conhecemos carinhosamente: Poli.

Com um sorriso apaixonante e do alto dos seus 12 anos, Poli nos fala como uma pessoa madura respondendo ao interlocutor que mesmo sendo cega, “uma bailarina precisa olhar para as estrelas” mostrando uma dedicação e superação exemplares para muito adulto. Além do mais, como aluna do Colégio Nossa Senhora da Misericórdia, onde ela é a exceção sendo cega, Poli grava as suas aulas pois a escola naturalmente não é para cegos e portanto os livros não estão em braille.

Sua superação é uma marca que cativa a todos, na escola que a apoia em tudo … em casa através de seus pais Francisco e Isabel que não medem esforços … e também encantando com seu jeito doce na Companhia de Ballet de Cegos. E Poli é também uma das artistas que aparecem no vídeo do produto “Braille Briks”, um jogo de montagem tipo Lego desenvolvido para crianças cegas. Precisa mais?

Assista esta entrevista exclusiva,gravada imediatamente após o final da apresentação Ballet de Cegos, no lindo Teatro São Pedro na cidade de São Paulo, e se apaixone por este sorriso assim como nós.

contato@sustentahabilidade.com

Mais em Artigos

Cães podem ser geneticamente programados para amar seres humanos

Cristian Reis Westphal22 de março de 2019
Dislexia

Dislexia

Dr Leo Kahn21 de março de 2019
Humanos e Animais

Famílias Multiespécies

Fernanda Lanzelotti20 de março de 2019
Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti19 de março de 2019
Herpes Zoster

Herpes zoster

Dr Leo Kahn16 de março de 2019

Evidências mostram origem de vida humana no Sul da Austrália

Cristian Reis Westphal14 de março de 2019

Mata Ciliar: os cílios das águas

Laís Nunes13 de março de 2019
Imprensa

No país das declarações

Ricardo Rose12 de março de 2019
Guedes ... um país de extrativistas falando muita merda.

Guedes … um país de extrativistas falando muita merda.

Roberto Mangraviti12 de março de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »