Artigos

Uma obra menor de Michelangelo – Olhando as Minorias

Uma obra menor de Michelangelo – Olhando as Minorias

“ Dar voz às minorias “ assim a Revista Veja , justificou a reeleição de Obama para o cargo mais importante do Planeta .
Através do nosso Portal e da TV WEB , temos apresentado a voz das “minorias” , como uma tendência social e econômica. Um desses artigos, destacou no passado que 14,5% (segundo IBGE) de brasileiros são classificados como Pessoa com Deficiência . Mais recentemente entrevistamos na TV, o Diretor da ABRAMET – Associação Brasileira de Medicina de Trânsito alertando na oportunidade que segundo o IPEA-USP o PIB brasileiro é afetado em 1,3%, decorrente dos acidentes. Temos então, dois exemplos clássicos de impacto sobre as vendas e custos que certamente merecem mais atenção , tanto no campo social quanto econômico. Esses números refletem a tangibilidade indiscutível das oportunidades para empresas e suas operações. Cada vez mais as “minorias” ganham importância e tornam-se fatores diferenciais no resultado, dada inclusive a velocidade das mudanças.
Velocidade esta muito bem avaliada pelo próprio Obama quando há 4 anos utilizou a internet levando-o à eleição e desconsiderada por Mubarak quando destituído há dois anos. Lados opostos da mesma moeda.
Naturalmente que os resultados cada vez mais espremidos, obrigará o empresário lutar pela redução de centavos nos custos e simultaneamente expandir suas vendas por territórios ainda inexplorados. Isto é a essência do olhar diverso, agregar índices diminutos nas margens porém estratégicos no conceito.
Para isto, teremos que enxergar e considerar, que o pensamento de hoje, poderá não ter nenhum valor amanhã e vice versa. Por sinal , curiosamente a mesma edição da Veja, destaca a pesquisa do historiador canadense Ross King sobre Michelangelo.
O escultor já havia produzido obras extraordinárias como La Pieta e Davi e não havia tido um única experiência com pintura de afrescos, que eram consideradas na época tarefas secundárias, menores. Hoje a Capela Sistina , recebe 5 milhões de turistas por ano para olhar uma obra “secundária” de Michelangelo. Parece-nos que o artista não era somente brilhante como escultor e pintor, mas como avalista de tendências, há 500 anos.

Roberto Mangraviti

Economista, Criador e Editor do Portal SustentaHabilidade
Consultor da ADASP ( Associação dos Distribuidores e Atacadistas de São
Paulo). Criador e Apresentador do Programa ADASP Sustentabilidade da TV
Sorocaba ao Vivo.

Ver Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade.com pela WEBTV. Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Motivação_Herzberg

Teoria da Motivação de Herzberg (3).

Roberto Mangraviti23 de novembro de 2017
Bolsa Família

O Bolsa Família ocultou a taxa de desemprego real?

Roberto Mangraviti22 de novembro de 2017
QSMS-RS e Sustentabilidade

Mais líderes na gestão de QSMS-RS & Sustentabilidade

Roberto Roche20 de novembro de 2017
Motivação

Teoria da Motivação de McClelland(2)

Roberto Mangraviti17 de novembro de 2017
Infraestrutura

Infraestrutura no Brasil – Concessionárias as únicas com bons resultados( Parte 3)

Roberto Mangraviti16 de novembro de 2017
Gestão Ambiental Portuária

Gestão Ambiental portuária, Ônus ou Oportunidade?

Roberto Roche14 de novembro de 2017

Motivação na ótica de Maslow

Roberto Mangraviti13 de novembro de 2017
Adam Smith

Lições para o Brasil – Adam Smith

Roberto Mangraviti12 de novembro de 2017
Animal Pré-histórico

Animais que “deram as caras” depois da extinção dos dinossauros

Karen P Castillioni11 de novembro de 2017

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »