Artigos

Unir os Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente?

Unir os Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente?

Muitas críticas foram observadas, quando o presidente eleito anunciou a possibilidade (hoje afastada) em unir os Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente.

Seria correto ou não?

Depende do estágio de consciência das partes envolvidas, que vão além das duas pastas.

Quando uma empresa decide inserir conceitos de sustentabilidade em suas operações, o faz para reduzir gastos com consumo de água e energia elétrica, num primeiro momento.

Na sequência desenvolver produtos, voltados para uma parcela da população que “escolhe” empresas responsáveis para consumo de produtos com respeito comprovado na cadeia produtiva.

Ou seja, num primeiro momento o foco é a redução de custo e em seguida vendas.

E no terceiro momento ?

Fechar ou reduzir a quase zero o Departamento de Meio Ambiente, pois supõe-se que a organização já absorveu este conceito, e não se faz mais necessário uma estrutura “fiscalizadora” desta nova compreensão, pois  sustentabilidade já está inserida no  DNA da empresa.

No caso dos Governos brasileiros deste século, o conceito de sustentabilidade está permeado pelos demais ministérios?

Infelizmente NÃO ! Podemos citar como exemplo a gestão de Marina Silva, que em nada reduziu desmatamento na Amazônia, não servindo de exemplo para outros ministérios.

Portanto, para o momento do país, a junção de agricultura com meio ambiente, não faz sentido, em razão do divórcio existente entre as partes e a falta de cultura nesta área em todas as frentes governamentais.

Contudo, vale lembrar que sustentabilidade e proteção ambiental, estão ligadas a eficiência energética,   novas tecnologias resultando num olhar para o futuro.

E a inserção destes conceitos na Agricultura, tem tudo a ver e espera-se que no futuro  próximo, estejamos debatendo se já devemos extinguir o Ministério de Meio Ambiente .

 

Texto: Roberto Mangraviti
Outros Textos do Autor:

A questão indígena …Lula, Dilma e a História

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Inovação

Os Desafios da Inovação Aberta no Brasil

Roberto Mangraviti21 de agosto de 2019

Socialismo é o oposto do Capitalismo?

Convidado20 de agosto de 2019

Amigas para sempre…relação mutualística

Karen P Castillioni19 de agosto de 2019

Balneabilidade das praias: bandeira verde ou vermelha?

Laís Nunes15 de agosto de 2019
O mecanismo de defesa de uma planta leva a lagarta ao canibalismo

O mecanismo de defesa de uma planta leva a lagarta ao canibalismo

Karen P Castillioni11 de agosto de 2019
Alimentos Imunológicos

Alimentos imunológicos… conheça-os

Dr Leo Kahn2 de agosto de 2019
Minuto ODS -Cidades e Comunidades Sustentáveis

Vídeo Minuto ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis

Bel Gimenez30 de julho de 2019
Podcast - Sua empresa deve ou não ter um departamento de sustentabilidade

Podcast – Sua empresa deve ou não, ter um Departamento de Sustentabilidade?

Roberto Mangraviti29 de julho de 2019
Hotel de Maceió estimula turismo sustentável

Hotel de Maceió estimula turismo sustentável

Roberto Mangraviti28 de julho de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »