Artigos

Vida Alves … Nossa Homenagem !

Vida Alves … Nossa Homenagem !

REPUBLICAMOS A MATÉRIA SOBRE A ATRIZ E ESCRITORA, FALECIDA NESTA TERÇA FEIRA 03.01.17, ORIGINALMENTE PUBLICADA EM 19.09.16.

Chegou o mês de setembro e com ele a sempre oportuna comemoração do aniversário da televisão no Brasil. Neste ano, a TV completa sessenta e seis anos, no próximo dia 18 de setembro e nada mais coerente que ressaltar a importância de personalidades que tantos contribuíram para a consolidação deste veículo de comunicação. Vida Alves certamente está entre elas.

Mineira de Itanhandu, nascida em 15 de abril de 1928, Vida desde a infância se ligou a radiodifusão, pois ainda menina ,já cantava no importante Programa Infantil da Tia Chiquinha ,apresentado pela Radialista e Escritora Silvia Autuori, na Rádio Tupi paulistana. Depois ainda participaria de programas de grande destaque no “dial” de São Paulo, como no Clube do Papai Noel, de Homero Silva e no elenco infantil do Programa de Sagramor de Scuvero .

Pouco tempo depois vieram a dramaturgia de rádio, e Vida é convidada por Oduvaldo Viana, para ser uma das fundadoras da Radio Panamericana, em 1944, passando a compor o elenco renomado do rádio-teatro daquela nascente emissora, significando seu primeiro contrato profissional. Em 1947, a convite de Walter Forster, estreia no radio-teatro da Radio Tupi, e no ano seguinte, pelos Estúdios Tupi, faz a sua estréia no Cinema, no legendário filme Quase no Céu, dirigido e roteirizado por seu antigo diretor radiofônico Oduvaldo Viana, que foi lançado em maio do ano seguinte . Este filme ganha uma importância extra, por registrar em película grande parte do elenco das Rádios Tupi e Difusora de São Paulo, que um ano depois, seriam os artistas que inaugurariam a Televisão na América do Sul.

Mas Vida Alves, já casada com o engenheiro italiano Gianni Gasparinette e grávida de seu primeiro filho Heitor, não apareceu na “telinha” nos primeiros dias da PRF3-TV Tupi, mas logo que voltou ao trabalho, já atuava em programas desta pioneira emissora. No final de 1951, veio a primeira novela , “Sua Vida Me Pertence”, e nela, o célebre primeiro beijo, com Walter Forster. Em 1952 seu primeiro Shakespeare, na Peça Otelo ,ao mesmo tempo que estreava seu primeiro programa produzido, o Tribunal do Coração, onde viabilizou a estreia da notável Atriz Laura Cardoso na Televisão Brasileira.

No final de 1953, Vida conclui o Curso de Direito na tradicional Faculdade do Largo de São Francisco, no centro de São Paulo, colando grau em 21 de dezembro daquele ano.

Vida fica mais quinze anos na TV Tupi, escrevendo telenovela (O Segredo de Laura), ganhando o Premio Roquette Pinto em 1958, apresentando programas , como Tribuna da Mulher.

Depois de dois anos na TV Excelsior, Vida Alves é novamente pioneira, na nascente TV Gazeta. Com o seu Programa Vida em Movimento , inaugura as transmissões coloridas no país, em 14 de março de 1972 .E na cerimônia de instalação da TV Digital brasileira, em 02 de dezembro de 2007, Vida também estava lá, representando os Pioneiros da TV e trazendo toda a história desse vitorioso veículo de comunicação de massa.

E por falar nos Pioneiros, em 21 de agosto de 1995, surge a APITE-Associação dos Pioneiros da Televisão , fruto de um ano de reuniões e planejamento com um grupo de profissionais da TV como Luiz Gallon, Walter Ribeiro dos Santos, Walter Forster, Lia de Aguiar, Ana Maria Neumann,além da própria Vida. Uma bonita festa, realizada em 18 de setembro, no Clube Piratininga, marcou o inicio da Associação, que também registrara como seus fundadores Cyro del Nero, Alvaro de Moya, Blota Júnior, Sonia Maria Dorce, Lemos Britto. Meses depois Vida era eleita a Presidente e Blota Júnior, seu Vice-Presidente. O tempo passou a APITE virou APPITE e finalmente PRÓ-TV, com o nome por extenso que até hoje a define : Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira.

Nestes vinte e anos de PRÓ-TV, foram inúmeras as conquistas, o Dia Nacional da TV, a Lei Federal 10.255 de 2001, o reconhecimento museológico pelo IPHAN, o título de Utilidade Pública Estadual, o Decreto Estadual 56.568 de 2010, que cria o Museu da TV em nível Estadual e a Lei Municipal 14.756 de 2008 que cria o Museu da TV em nível do Município de São Paulo.

E também bonitas festas anuais, que já superam o número de vinte, além da Criação do Premio PRO-TV, para homenagear grandes nomes da história da Televisão.

E no próximo dia 03 de setembro Vida Alves será homenageada com o Título de “ Presidente de Honra Perpétua” da PROTV, uma bonita homenagem a quem se dedicou , com liderança e pioneirismos a construir bonitas páginas na História da Televisão neste país. Parabéns Vida Alves ! ”

Imagem: Youbute

Autor: Fábio Rajaili Siqueira

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Artigos

Bacharel em Direito, Bacharel em Ciências Sociais e e pesquisador da história da televisão brasileira. É um dos fundadores do Jornal São Paulo em História.

Mais em Artigos

Fragilidade Humana

A fragilidade humana …”matéria prima” dos ditadores.

Roberto Mangraviti17 de janeiro de 2018
Investimento

Investimento X Resultado em Qualidade e Sustentabilidade

Roberto Roche16 de janeiro de 2018
crise economia

Consequências da crise econômica: quem vai registrá-las?

Ricardo Rose15 de janeiro de 2018
Lições de Mark Zuckerberg

Lições de Mark Zuckerberg para universitários brasileiros

Roberto Mangraviti14 de janeiro de 2018

Como aparar as asas de aves mantidas como pet

Adriana Tereza Petrocelli13 de janeiro de 2018

Conheça nossa nova Colunista: Adriana Tereza Petrocelli

Bel Gimenez13 de janeiro de 2018
O preço do cobre, os veículos elétricos e a energia renovável

O preço do cobre, os veículos elétricos e a energia renovável.

Roberto Mangraviti12 de janeiro de 2018

Desmatamento na Amazônia, é um estrago irrecuperável?

Roberto Mangraviti10 de janeiro de 2018
Locais acidentados

Visitas de autoridades aos presídios e locais acidentados.

Roberto Mangraviti9 de janeiro de 2018

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »