Artigos

Visão 360⁰ do mercado e da pessoa com deficiência

Visão 360⁰ do mercado e da pessoa com deficiência

Muito tem se falado sobre como inserir a pessoa com deficiência no mercado de trabalho.

Os argumentos sociais, que são os mais lícitos, nem sempre “comovem” os empregadores, especialmente num país estagnado economicamente,  e que cresce há 16 anos  míseros 2% ao ano, em média(*).

E precisando urgentemente, impactar em vendas e reduzir custos, os agentes econômicos, não percebem uma possibilidade única, diante do ambiente de mercado que envolve a pessoa com deficiência.

Segundo Susanne Bruyère, diretora do Employment and Disability Institute Cornell University, especialista na empregabilidade da pessoa com deficiência, pesquisas norte americanas indicam que  “US$ 220 bilhões estão na mão de pessoas que têm algum tipo de deficiência. Ou seja, é um enorme e potencial mercado consumidor” . A mesma profissional informa que “Cerca de 30% das empresas têm dificuldade em adaptar o local de trabalho. Mas poucos sabem que 80% das mudanças custam menos de US$ 1 mil, nos EUA”.

No campo do consumo vale lembrar que hotéis e restaurantes adaptados com rampas e sanitários espaçosos, mantém taxas ocupacionais de 75% em médias. Naturalmente porque cada pessoa portadora de deficiência, agrega 3,5 novos consumidores, pois os parentes e amigos escolhem estes locais por permitir um acolhimento amplo e sem constrangimentos dos encontros sociais. Alem dos mais, as taxas de fidelização dos consumidores, superam os níveis normais nestes ambientes. E por fim, empresas que mantém pessoas com deficiência, elevam a camaradagem e consequentemente o nível de produtividade das equipes de trabalho.

Texto: Roberto Mangraviti

contato@sustentahabilidade.com

(*) A China em 3 anos e meio, cresceu basicamente, o mesmo que o Brasil em 16 anos.

Outros Textos do Autor

Artigos

Economista e Facility Manager em Sustentabilidade. Editor, diretor e apresentador do Programa Sustentahabilidade pela WEBTV. Palestrante, Moderador de Seminários Internacionais de Eficiência Energética, Consultor da ADASP- Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de São Paulo e colunista do site do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Mais em Artigos

Minuto ODS - Redução das Desigualdades

Vídeo Minuto ODS 10 – Redução das Desigualdades

Bel Gimenez18 de julho de 2019
Omega 3

Ômega 3

Dr Leo Kahn16 de julho de 2019
Tartarugas Marinha

Grupo Boticário investe em Unidades de Preservação

Roberto Mangraviti12 de julho de 2019
Consumo Saudável

Cresce o consumo de produtos saudáveis.

Roberto Mangraviti11 de julho de 2019
Minuto ODS - Redução das Desigualdades

Vídeo Minuto ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura

Bel Gimenez10 de julho de 2019
Prolina...A Síntese do Colágeno... sua pela mais saudável

Prolina…O aumento da Síntese do Colágeno… sua pele mais saudável

Dr Leo Kahn9 de julho de 2019
Fim do canibalismo nas Empresas_Capa

Podcast – Canibalismo nas Empresas ?

Bel Gimenez8 de julho de 2019
HOJE

Religião diminuí crescimento econômico ?

Roberto Mangraviti7 de julho de 2019

Produtividade, e o trabalho infantil.

Roberto Mangraviti6 de julho de 2019

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Sustentahabilidade - Todos os direitos reservados.
Os artigos publicados neste Portal, são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores. Para mais informações: contato@sustentahabilidade.com

Outros emails específicos: classificados@sustentahabilidade.com dependenciaquimica@sustentahabilidade.com

Translate »